Programa da Kroton chega ao Amapá ampliando a educação superior na região norte

17:57

 

“Mais Conhecimento” democratiza o acesso à educação e contribui para o desenvolvimento social e econômico de cidades pequenas em todo o Brasil


Amapá, junho de 2022 – O diploma é uma importante ferramenta de transformação social não apenas para o indivíduo, como também para o desenvolvimento econômico de todo o país. Dados do Instituto Semesp*, entidade que representa mantenedoras de ensino superior do Brasil, mostram que municípios com instituições de ensino superior têm PIB per capita médio de R$ 30,7 mil, enquanto aqueles que não possuem é de R$ 19,7 mil. No Brasil, ainda temos inúmeras regiões, principalmente aquelas com menos de 20 mil habitantes, sem acesso a faculdades e universidades. Pensando em colaborar com a mudança desse cenário, a Kroton, vertical B2C da Cogna Educação, líder em ensino superior no Brasil, lançou o programa “Mais Conhecimento”, iniciativa criada para potencializar a democratização do acesso à educação e promover a ascensão profissional e salarial dessas populações com a implementação de polos educacionais.  


Líder no segmento à distância, a Kroton possui mais de 2500 polos, distribuídos em mais de 1,9 mil cidades em todo território nacional. Com o programa Mais Conhecimento, a empresa expandiu sua operação com 628 novos polos colocando 588 municípios no mapa do ensino superior. E vem acelerando a capacitação de mais de 17 mil alunos com oferta de mais de 45 cursos de graduação e 215 de pós-graduação na modalidade 100% EAD. Para 2022, a expectativa da Kroton é manter esse ritmo de expansão acelerado, por meio dos polos educacionais da marca Anhanguera, em parceria com empreendedores e prefeituras de cidades pequenas.  

 

“Essa iniciativa faz parte do propósito da Kroton: levar a muitos brasileiros a educação que hoje ainda é acessível a poucos. No Brasil, o ensino superior presencial está presente em apenas mil cidades, sendo a sua maioria grandes metrópoles. Com os polos educacionais parceiros do Mais Conhecimento, promovemos a inclusão dos municípios pequenos no ensino superior e apoiamos os empresários e as prefeituras no desenvolvimento socioeconômico da região. Com a população mais qualificada, a economia local começa a refletir a melhoria na qualidade dos serviços, incentivo ao empreendedorismo e consequentemente uma maior oferta de oportunidades de trabalho. A região passa a ser vista como um polo de inovação e produtividade”, explica o executivo Jeferson Ortiz, Vice-Presidente de Operações da Kroton.

 As cidades beneficiadas pelo programa, como Alto Alegre do Maranhão, cidade com uma população de 25 mil e renda per capita anual de R$ 24.177,00, no estado do Maranhão; e Terenos, município com mais de 20 mil habitantes e renda per capita anual de R$ 10.020,00, localizado no interior do estado do Mato Grosso do Sul, já demonstram que a iniciativa vai além do retorno para o aluno.

“Desde que abrimos o polo do programa Mais Conhecimento, houve uma grande transformação na qualidade de vida e ensino da região. Passamos a oferecer um portfólio amplo de cursos da Anhanguera, formando profissionais capacitados para o mercado”, afirma Kátia Santos, gestora de Terenos (MS). Ela ainda reforça que a implementação do Mais Conhecimento permitiu levar educação para uma região que não tinha perspectiva de ensino superior, principalmente pela distância até uma cidade próxima que tivesse uma instituição de ensino. 

 

“Com espaço reduzido e investimento inicial baixo (a partir de R$ 15 mil), é possível abrir um polo educacional Anhanguera, do Mais Conhecimento, com toda infraestrutura necessária para oferecer a população local cursos de graduação e pós-graduação 100% EAD, com toda qualidade acadêmica da Anhanguera, uma instituição de ensino com mais de 25 anos de trajetória e que investe continuamente na aplicação de novas tecnologias educacionais”, explica Jeferson Ortiz. O gestor conta com todo apoio da Kroton para operação da unidade, bem como todo suporte ao aluno, comprometimento com os resultados acadêmicos, financeiros, comerciais e de gestão para o crescimento do polo, tanto em captação de alunos quanto na rematrícula. 

 

No caso da parceria com prefeituras, o Mais Conhecimento permite ao gestor oferecer a formação de servidores municipais com cursos de capacitação profissão da Aliança Brasileira pela Educação, braço de impacto social da Kroton, promovendo a especialização desses profissionais em áreas como Gestão, Educação, Saúde, Exatas, Comunicação, Direito e Tecnologia da Informação. Além do ensino superior, o programa também beneficia a rede de escola pública municipal, ao disponibilizar gratuitamente os serviços da edtech Stoodi – plataforma de cursinho 100% digital preparatório para o Enem e vestibulares. Segundo Ortiz, o programa que vai além da oferta de cursos, mas sim de transformação e capacitação de toda população e do funcionalismo público municipal de pequenos municípios.  

 

“O convênio com a Aliança Brasileira pela Educação, que oferece cursos de capacitação pela Faculdade Anhanguera, faz parte da política de valorização de servidores públicos e assim contribui com o desenvolvimento intelectual, traz reconhecimento e destaque no mercado de trabalho. Sem dúvidas, uma universidade é um fator relevante no processo de desenvolvimento local e regional, desencadeando o crescimento econômico nas cidades em que estão instaladas”, finaliza a gestora Rosangela Costa, da cidade de Alto Alegre do Maranhão.  

 

*Dados do Mapa do Ensino Superior de 2019