Com uma discografia repleta de sucessos, sendo 38 álbuns lançados e mais de 20 milhões de cópias vendidas e 35 temas de novelas, o grupo Roupa Nova se prepara para emocionar os fãs mineiros na Tour 40 Anos. No dia 29 de julho, sexta-feira, a partir das 22h30, com abertura dos portões às 18h, a Arena Gran Hall (Av. Frimisa, 1435 - Bagaço, Santa Luzia – MG) será palco para uma apresentação especial, que comemora os 40 anos de estrada da banda. Os ingressos para a apresentação já estão à venda por meio do site https://flowtickets.com/.

Formado por Cleberson Horsth (tecladista), Ricardo Feghali (segundo guitarrista e tecladista), Kiko (guitarrista e vocal), Nando (baixista) Paulinho (in memorian), Serginho (baterista e vocal) e Fábio Nestares (vocal), que entrou para somar e ser o sétimo integrante, o grupo vai apresentar hits que marcaram a carreira do Roupa Nova. Dona, Whisky a Go-Go, Anjo, Seguindo no Trem Azul, A Viagem, Volta Pra Mim, Coração Pirata e Chuva de Prata são algumas das canções famosas da banda que farão parte da apresentação em Santa Luzia.

Considerado como um dos melhores shows nacionais, a apresentação do Roupa Nova tem a capacidade de fazer o que poucos grupos conseguem e conseguiram até hoje na música nacional. Eles atraem um público bastante diversificado, afinal, são gerações que atravessaram as mudanças na música nacional e até mesmo mundial e que, mesmo assim, seguem fiéis.

Trilhas

Prova do tamanho sucesso do Roupa Nova, é que além das músicas famosas que compõem os seus álbuns, quando o assunto é trilha de novela e até de programas de TV, eles são recordistas. A banda é responsável por tocar vários temas conhecidos, como, o Tema da Vitória, composto e arranjado por Eduardo Souto Neto, que mais tarde se tornaria tema de Ayrton Senna, pela música do Xou da Xuxa e também, da Abertura do Vídeo Show, todos da TV Rede Globo. Mas além de todas essas músicas, eles foram responsáveis também pelo tema do Rock in Rio, conhecido em todo o planeta.

Arena Gran Hall

Conhecida por sediar shows de artistas renomados, a Arena Gran Hall fica na Região Metropolitana de Belo Horizonte, bem perto da capital  mineira, no município de Santa Luzia. São 20.000m² de área construída em ambientes destacados, numa área de terra total de 100.000m². É uma sólida e moderna edificação com a capacidade de receber, confortavelmente sentadas, até 6.500 pessoas, sendo hoje o maior anfiteatro do Brasil, que conta com estrutura de camarotes, bares, banheiros e estacionamento para atender com qualidade, qualquer show, seja ele nacional ou internacional.

Serviço

Roupa Nova – Tour 40 Anos

Data: 29 de julho, sexta-feira

Horário: 22h30

Abertura dos portões: 18h

Local: Arena Gran Hall - Av. Frimisa, 1435 - Bagaço, Santa Luzia – MG

Abertura dos portões: 18h

Setores:

- Cadeiras Azuis: (por ordem de chegada) 

- Cadeiras Vermelhas: (por ordem de chegada) 

- Camarote Exclusive para 10 pessoas: (cerveja, refringentes, água e tábua de frios grande) – (camarote numerado)  

- Camarotes Premium Individual: (cerveja, refringentes, água)

Ingressos pelo site: https://flowtickets.com/

Mais informações:  WhatsApp (31) 9 9076 - 8183

Realização: Arena Eventos

 


Livre de vírus. www.avast.com.


 

Para o profissional ter condições de ir e voltar de seu local de trabalho, é fundamental que ele receba o vale-transporte da empresa a qual presta serviço. No entanto, muitos trabalhadores não sabem se é ou não permitido receber esse benefício em dinheiro e, por isso, muitos acabam aceitando o valor em espécie, seja para somar ao valor do salário ou utilizar para a compra de combustível para veículo próprio.

De acordo com o advogado trabalhista André Leonardo Couto, gestor da ALC Advogados, a prática de pagar o vale-transporte em dinheiro é um erro. O especialista lembra que o benefício é obrigatório e assegurado através da Lei Federal nº 7.418/85, mas o seu pagamento em dinheiro é vedado, só podendo ser pago em situações emergenciais.

André Leonardo Couto explica que o benefício deve ser concedido conforme a Lei de 1985 e que o vale não faz parte da remuneração do trabalhador. "O vale-transporte deve ser concedido conforme assegurado através da lei. Ele é regulamentado pelo Decreto 95.247/87, mediante da solicitação com o preenchimento do Termo de Concessão do Vale-Transporte. Por esse fornecimento, a empresa descontará, em folha de pagamento do funcionário, o percentual de até 6% sobre o valor do salário e já o valor excedente referente vale, é custeado pela empresa. Lembro que quanto a esta diferença entre o custo total do benefício e o valor máximo a ser descontado do empregado, a legislação trabalhista estabelece que ele não tem natureza salarial, nem se incorpora à remuneração para quaisquer efeitos. Jamais o trabalhador pode aceitar um salário somado ao vale, pois ele é separado do ordenado", adverte.

Segundo o advogado, o vale-transporte não pode ser pago em dinheiro, respeitando o 5º do Decreto nº 95.247/1987. Existe apenas uma exceção, mas é rara. "Seguindo os preceitos da lei, não é permitido pagar o funcionário com dinheiro. O decreto é direto ao dizer que: 'É vedado ao empregador substituir o vale-transporte por antecipação em dinheiro ou qualquer outra forma de pagamento, salvo em caso de falta de estoque pelos fornecedores'. A única exceção que existe para esse pagamento, é em situações emergenciais, a qual a empresa 'prestadora do fornecimento do vale-transporte' não disponibilizar os créditos ao trabalhador ou se o empregado tiver efetuado, por conta própria e por insuficiência, situação está em que o colaborador poderá ser ressarcido pelo empregador na folha de pagamento. Em 2006, foi instituída a medida provisória 280 que permitia o fornecimento do vale em dinheiro a partir de 01/02/2006. Todavia, a MP foi convertida na Lei 11.311/2006, a qual vetou a alteração do artigo 4º da Lei 7.418/85, mantendo a proibição em espécie", esclarece.

Pode vender o vale-transporte?

O advogado trabalhista André Leonardo Couto destaca que, ao comercializar qualquer tipo de benefício concedido pela empresa, o funcionário pratica uma grave violação aos deveres contratuais. "Não é um ato lícito vender, por isso, o uso indevido de tais benefícios se revela como ato de improbidade. Isso, porque se trata de benefícios em que apenas parte dos gastos são suportados pelo empregado, não podendo ser utilizado como forma de obter indevidamente o aumento de sua remuneração pela via indireta. Isso vale até para a venda de créditos do cartão de vale-transporte, prática corriqueira nas estações de ônibus e metrô", explica o especialista.

Segundo André Leonardo Couto, o trabalhador que vende benefícios pode até mesmo ser responsabilizado criminalmente. "Entendo que referida prática pode ensejar a demissão por justa causa, por improbidade, artigo 482, alínea "a" da CLT, podendo o trabalhador ainda responder pelo crime de estelionato, na forma do artigo 171 do CPB. O uso indevido destes benefícios constitui falta grave e mais a mais, deve o empregado manter com o empregador uma relação que não faça desaparecer a confiança e a boa-fé", completa.

Uma prática comum é a venda do vale0transporte para arcar com gastos de combustível de veículo próprio. André Leonardo Couto entende que esse uso do benefício cedido pela empresa, é de total falta de compromisso do funcionário. "Entendo que é irregular e que enseja sanções, qual seja, a pena de improbidade e até mesmo, a dispensa por justa causa. O benefício é para utilização de transporte público e não particular. Se o empregado pretende utilizar de transporte particular, tem que recusar o vale-transporte no momento da admissão", conclui.

ALC Advogados

No mercado há mais de 10 anos, o escritório ALC Advogados é sediado na cidade de Pedro Leopoldo, Região Metropolitana de Belo Horizonte. Com atuação e vários cases de sucesso, o negócio, que tem à frente o advogado André Leonardo Couto, trabalha principalmente nas áreas do Direito do Trabalho, Previdenciário, Cível e Imobiliária, com clientes em diversos Estados. Em 2020, o negócio passou a integrar o grupo empresarial ALC Group. Siga no Instagram @alcescritorio: www.instagram.com/alcescritorio

Site: https://andrecoutoadv.com.br/





Livre de vírus. www.avast.com.

 

Ao conceder uma entrevista em que fala de suas posições sociais e políticas, Paulo Roque disparou falando sobre problemas recorrentes que o Brasil enfrenta, entre eles, uma reforma tributária urgente e eficaz. “O que o Brasil não pode mais adiar!”

O jargão “trago verdades” nunca caiu tão bem quanto em uma gravação em que mostra o pré-candidato ao Senado falando algumas verdades.

Clique aqui e assista ao vídeo.

  

Bar Cerrado Cervejaria leva para o palco o grupo Heróis de Botequim e as Bandas Código 62 e Liga Joe com promoção de chope de sexta-feira à domingo 





O mês de férias em Goiânia tem programação de shows garantida no Bar Cerrado Cervejaria, que neste fim de semana aposta no samba raiz do grupo Heróis do Botequim e no rock'n'roll das bandas Código 62 e Liga Joe. Além das atrações musicais, promoções de chope também são atrativos da casa, já conhecida por ser uma das melhores quando o assunto é música em Goiânia. 




A happy hour de sexta-feira será embalada pelos meninos de chapéu panamá do grupo Heróis de Botequim. Eles trazem para o Cerrado todo o charme de um repertório que leva grandes nomes como Adoniuran Barbosa, Chico Buarque, Ataulfo Alves, João Bosco, Vinícius de Moraes, Geraldo Pereira, Cartola, Paulinho da Viola e Noel Rosa.  Formado por Alex Formiga, Gilberto Lima e Guilherme Noleto, os rapazes mostram ao público um coro de 3 vozes masculinas e lembram o famoso grupo Demônios da Garoa. 



 

Já no sábado, os gifs mais ousados do rock e do metal ficam sob responsabilidade da galera da Código 62, que divide a noite com a discotecagem de Fábio Ferrá. A Domingueira do Rock da banda Liga Joe começa a partir das 18h e mulheres não pagam couvert até as 19h30. 



Sobre o Cerrado

O Bar Cerrado Cervejaria completa em 2022 a marca de 27 anos de fundação e tradição na capital do estado de Goiás. Foi fundado em 1995 na avenida T 10, e ficou por lá por muitos anos integrando um centro gastronômico de baladas entre os jovens que curtiam as várias opções da região.


A clientela exigiu mais espaço e conforto e a casa mudou de endereço, passando a atender na Av. T 4, com a mesma proposta de oferecer ambiente descontraído e ponto de encontro da moçada nos anos 2000. 


Atualmente está na charmosa Avenida T 3, colado no Goiânia Shopping e tem como destaque uma programação variada de shows ao vivo de quinta-feira à domingo, cardápio com petiscos e pratos a la carte, chopes e drinks. É comandando pelo empresário Rafael Campos Carvalho, que tem longa experiência na área de restaurantes em Goiânia. 


Bar Cerrado Cervejaria 

Av. T-3, 2456 - St. Bueno, Goiânia. 

Fone/whatsapp (62) 98235-5089 

Áreas interna e externa 

Brinquedoteca 

Carta de drinks 

Pratos a la carte 

Petiscos 

Abre às 18h 


08/07 sexta-feira
Heróis de Botequim + DJ Fábio Ferrá. 

Lista bônus de R$15  para as  primeiras 30 mulheres que chegarem até 21h com nome no direct do @cerradocervejaria
Chope por apenas R$9,90 até 21h 

Reserva de mesas até as 21h por WhatsApp: 55 (62) 98235-5089.  

Couvert: R$25  (sujeito a alteração!)



09/07 - Sábado
Banda Código 62 + DJ Fábio Ferrá. 

Lista bônus de R$15  para as  primeiras 30 mulheres que chegarem até 21h com nome no direct do @cerradocervejaria
Chope por apenas R$9,90 até 21h 

Reserva de mesas até as 21h por WhatsApp: 55 (62) 98235-5089.  

Couvert: R$25 (sujeito a alteração!)



10/07 - Domingo
Banda Liga Joe + DJ Rangel. 

Mulheres não pagam couvert até as 19h30 

Reserva de mesas até as 19h30 por WhatsApp (62) 98235-5089.  

Couvert - R$25  (sujeito a alteração!)


Fotos: Divulgação 

11:17

 

Top Center Shopping se une a campanha “Coleta Verde” e disponibiliza um ponto de coleta na Avenida de Paulista de aparelhos eletroeletrônicos e eletrodomésticos.



São Paulo, junho de 2022 – O descarte correto de alguns materiais sempre foi motivo de muita dúvida na população em geral. Diante desse cenário, o Top Center Shopping em parceria com a ABREE (Associação Brasileira de Reciclagem de Eletroeletrônicos e Eletrodomésticos) e Associação Paulista Viva, inaugura um ponto oficial de coleta na Avenida Paulista.

A campanha tem como objetivo o descarte correto e consciente de aparelhos eletroeletrônicos e eletrodomésticos. O recolhimento acontece todos os dias, no horário de funcionamento do shopping e o coletor encontrasse no Piso Paulista – Ao lado da loja Ária.

O projeto é uma realização da Associação Paulista Viva e faz parte do programa Avenida Paulista Sustentável e conta com o apoio da empresa Vertas que disponibiliza soluções para descarte correto de materiais através da Coleta Verde que é uma oportunidade para que a população desenvolva a consciência sustentável e a compreensão da importância do descarte correto desses materiais. Para mais informações da campanha, acesse https://abree.org.br/.

“Numa época que se fala muito em sustentabilidade, cabe a nós darmos mais atenção ao meio ambiente e mais uma vez, utilizamos nossos espaços para fazer o uso consciente dessa ação. O shopping em conformidade com as práticas ESG entende quais são seus impactos negativos e positivos na sociedade e dessa forma conseguimos agir e transformar o mundo ao nosso alcance”, afirma Débora Neves, Coordenadora de Marketing do Top Center Shopping.

Para saber mais sobre o empreendimento, basta acessar o site www.topcentershopping.com.br ou fazer o download do app oficial, disponível nas plataformas digitais. O Top Center Shopping fica na Avenida Paulista, 854, na Bela Vista, região central da cidade, entre as estações Brigadeiro e Trianon-Masp.

 

SERVIÇO:

“Campanha Coleta Verde”

Todos os dias.

Horário: De segunda a sábado das 9h às 21h e Domingo e feriados das 12h às 18h.

Local: Piso Paulista – Av. Paulista, 854, Bela Vista, São Paulo/SP

Site empresa Vertas - https://www.vertas.com.br

 

Sobre o Top Center

Localizado no coração da Avenida Paulista há mais de 40 anos, o Top Center Shopping oferece ao público praticidade, compras, experiências e bons momentos em um só lugar. Com 6.557 m² de ABL (Área Bruta Locável) e 85 lojas variadas, como: Forever 21, Decathlon, MAC, Starbucks, Bacio di Latte, entre outras, o empreendimento possui localização privilegiada entre as estações de metrô Trianon-Masp e Brigadeiro e atrai cerca de 9.500.000 visitantes ao ano.

Informações à imprensa:

Hatsur | Comunicação Integrada

Cristiane Fernandes Palumbo – cristiane@hatsur.com – (11) 94141-8585

Isabela Carvalho – isabela@hatsur.com – (11) 99804-5275

Mostra contará com 25 obras que promovem interpretações visuais de garotos observados como figuras masculinas que usam vestidos em uma forma que desafia os padrões de vestimenta usuais da sociedade




O Sesc Gama recebe a partir do dia 10 de julho a exposição Utopia: garotos de vestido. Serão exibidas 26 obras, sendo 15 telas de autoria do idealizador do projeto João Pedro Rodrigues, e outras 9 produzidas em parceria com artistas que participaram da residência do projeto no início de junho, além de duas esculturas (uma interativa e outra resultante da residência). Serão expostas ainda três fotografias de autoria do fotógrafo George Lucas (@horaporhora) que fazem uma releitura do projeto. A entrada é gratuita e as visitas poderão ser realizadas de segunda à sexta, das 9h às 16h, até o dia 10 de agosto.


Utopia: garotos de vestido é um projeto artístico patrocinado pelo Fundo de Apoio à Cultura (FAC) do Distrito Federal que traz interpretações visuais de garotos lidos como figuras fisicamente masculinas que usam vestidos e roupas de forma delicada em seus corpos, de maneira bela, confortável, e com respeito e empoderamento, sem necessariamente definir gênero ou sexualidade.


De acordo com o artista João Pedro Rodrigues, a exposição é o ápice de um sonho que começou em 2019. "Sou ilustrador e artista visual há anos e, desde 2019, criei o garotos de vestido. É um espaço em que busco originalidade para o meu trabalho, como homem, gay, afeminado, sensível e múltiplo', destacou.


João ressalta que a obra busca, ainda, demonstrar uma individualidade que está presente na sociedade e nos sentimentos das pessoas, mas que é vedada. "É por isso que o projeto se chama utopia. É um mundo que existe dentro da intimidade de muitos, mas que ainda não se fez visível ou aceitável aos olhos da maior parte das pessoas. Não é comum para a sociedade associar homens a vestidos", explicou.  


Com a obra, o artista pretende entregar uma reflexão sobre padrões de vestimenta da sociedade, além de proporcionar uma experiência visual agradável, com belas ilustrações. Confira imagens em anexo.



Exposição fotográfica


Para além da composição das telas, foi realizado um ensaio fotográfico com o objetivo de materializar a atmosfera das obras para os corpos de homens plurais, reais, políticos e diversos. O ensaio ficou sob encargo do fotógrafo George Lucas (@horapohora), que registrou imagens dos modelos Fiakra (@Fiakra), Gabriel Khimera (@gabriel.khimera) e Douglas Neves (@dougnbf), vestindo itens da Glow Produções. Das fotos tiradas, três imagens farão parte da exposição.


"É uma forma que encontramos de dar um novo olhar para a obra e mostrar que, de fato, esse mundo utópico pode ser real e tangível, com pessoas de verdade, que vivem e sentem", observou João Pedro Rodrigues.


Residência artística


Como contrapartida social, o projeto entregou uma residência artística entre os dias 1º e 4 de junho, sem custo para os participantes. Foram indicados 10 artistas por meio de seleção virtual via formulário online que identificou artistas visuais com portfólios adequados ao projeto. Esses profissionais passaram os quatro dias da residência em contato híbrido (presencial e online) com o idealizador do projeto e promoveram um intercâmbio de ideias, técnicas e conceitos. Ao fim, os colaboradores entregaram cada um uma releitura do Utopia: garotos de vestido, dentro de seus estilos artísticos particulares. A residência reservou 50% das vagas para moradores da região do Gama, Santa Maria e Park Way.


"O legal das residências artísticas é poder trocar com outros artistas. Foi muito legal, porque tinham pessoas que eu já acompanhava o trabalho e outras que eu ainda não conhecia. Especialmente nesse momento que passamos um período isolado, a questão do ateliê coletivo é uma experiência bem única e diferente. Acho que os trabalhos saem bem mais ricos quando se trabalha com mais pessoas", disse Adriane Kariú Oliveira, artista visual de 32 anos que participou do processo de residência.


Vernissage


No dia 10 de julho, às 16h, ocorrerá a Vernissage, ou seja, abertura do evento. Os convidados serão recebidos pelo artista João Pedro Rodrigues que irá falar sobre sua obra. Além disso, haverá um buffet às disposição e performances artísticas.  

Farol Cultural


A Farol Cultural é uma parceria entre três produtores que, durante a pandemia, perceberam a demanda de "iluminar" as trajetórias de artistas e de ser uma estrutura que promova confiança, organização e transparência na gestão de projetos. Co-fundada pelos produtores Douglas Menezes, Gustavo Letruta e Karen Monteiro, o intuito dessa união de potências é facilitar o acesso a processos, tidos como burocráticos, além de promover ações que incentivem e valorizem a cultura brasiliense.

Serviço


Exposição Utopia: garotos de vestido


Local: Sesc Gama - Setor Leste Industrial, Lotes 620 a 680, QI 1 - Gama, Brasília - DF, 72445-000

Data: de 10 de julho a 10 de agosto

Horário: das 9h às 16h

Contato: ofarolcultural@gmail.com

Entrada gratuita

Ação promove networking com inspirações empreendedoras de sucesso


Fotos: Paulo Almeida.

Professora Eda Machado, fundadora do Centro Universitário IESB, participou neste sábado, 2/7, da 3ª edição do Método Líderes do Brasil, evento gratuito com o objetivo de qualificar os empresários de Brasília e região com histórias e inspirações empreendedoras de sucesso. A iniciativa foi realizada no Hotel Kubitschek Plaza e reuniu ainda nomes como Paulo Octávio, CEO das Organizações Paulo Octávio; Edmar Mothé, CEO da Biomundo e Mundo dos Filtros; e André Kubitscheck, diretor da Rede Plaza Hotéis. "Reunimos os melhores nomes de Brasília para que eles possam compartilhar informações e experiências com os novos empreendedores", destacou Luiz Felipe Daher, presidente do grupo Líderes do Brasil.

Durante o encontro, a professora Eda compartilhou a sua trajetória na criação de um dos melhores Centros Universitários do país e mostrou o quanto sempre esteve à frente do seu tempo. O seu extenso currículo voltado à educação, que inclui Mestrado e Doutorado na Universidade Penn State, nos Estados Unidos; Pós-Doutorado no Instituto Max-Planck de Berlim; 18 anos no Ministério da Educação (MEC), sendo 16 anos na CAPES (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior) e mais dois no CNPQ, trabalhando com inovações nas universidades públicas brasileiras, fez com que a educadora entendesse que a criatividade nas aulas é o ingrediente mais importante para a formação dos estudantes e o desenvolvimento de atitudes empreendedoras.

"Foi um desafio construir o IESB, mas eu tinha um grande poder nas mãos: o conhecimento. Então, pensei: se eu conseguisse aplicar todas as inovações que eu presenciei ao redor do mundo inteiro e professores que acreditassem nessa nova instituição, determinados a realizar um trabalho inovador, nós teríamos sucesso. Batalhei e conseguimos, juntos, criar uma faculdade, que hoje tem cerca de 20 mil alunos e três campi: o campus Edson Machado, localizado Asa Sul; o campus Giovanina Rímoli, na Asa Norte; e o campus Liliane Barbosa, em Ceilândia, além de mais de 50 polos EAD pelo Brasil", destacou a professora.

O investimento em uma moderna infraestrutura, alinhado em atender às necessidades reais do mercado de trabalho, com tecnologia e inovação reconhecida, são alguns dos destaques que fazem do IESB um dos melhores Centros Universitários do país. Atualmente, são mais de 80 cursos de graduação, entre presencial, híbrido e ensino a distância (EAD), como Administração, Engenharia da Computação, Engenharia Civil, Engenharia Elétrica, Odontologia, Arquitetura e Psicologia. No próximo semestre, serão ainda mais 18 novos cursos presenciais, 12 novos híbridos e 16 novos cursos EAD. Além de cursos de Pós-graduação e Mestrado. Todos com modelos pedagógicos disruptivos, docentes mestres e doutores altamente qualificados, disciplinas integradas com foco no mercado de trabalho e laboratórios de ponta. Cursos com muitas atividades mão na massa e projetos integradores que possam atender as demandas reais das empresas e serviços à comunidade.

"Tenho que agradecer todos os professores e alunos que fazem parte da trajetória do IESB. Sei ainda que não caminhei esses 24 anos sozinha. Isso não seria possível. Mas foi o meu grande desafio e, às vezes, nem mesmo eu entendo como conseguimos construir cerca de 150 mil m². E o mais importante de tudo: sei que foram meus filhos, Edson Filho e Liliane Barbosa, que me deram forças para eu nunca desistir", compartilhou a professora Eda.

Sobre o Líderes do Brasil

O Líderes do Brasil nasceu da união de um grupo de empresários de Brasília com o objetivo de fortalecer o empreendedorismo, oferecer qualificação empresarial para que os empreendedores aumentem o seu faturamento e contribuir com o desenvolvimento do Distrito Federal e do país. Em apenas quatro anos, o Líderes do Brasil já possui 202 empresários associados, que respondem por mais de 600 empresas em pleno funcionamento no DF.

"O Líderes do Brasil é um ecossistema de negócios diferenciado. O networking é a forma de cultivar relações profissionais em diversos ambientes e utilizar essas relações para alguma finalidade, seja para fortalecer as amizades, estreitar negociações comerciais ou para aproveitar oportunidades no mercado de trabalho. Este evento é uma grande oportunidade para realizar o mais puro e bom networking, com uma dinâmica exclusiva para realização de bons negócios", concluiu Daher.

CLIQUE AQUI E VEJA MINA CASA, MINHA VIDA VALPARAISO

Tecnologia do Blogger.