Uma pesquisa encomendada pela plataforma de fortalecimento da filantropia e do investimento social privado no Brasil, a Grupo de Institutos, Fundações e Empresas (GIFE), aponta que, mesmo desconhecendo as especificidades do setor, a população brasileira enxerga positivamente a atuação das organizações da sociedade civil. Segundo levantamento detalhado, mais da metade dos 2.002 entrevistados veem como necessária a atuação dessas instituições. Dos respondentes, 21% atribuem tal visão por conhecerem bem o trabalho feito pelas entidades, 19% por acompanharem depoimentos de pessoas que receberam apoio e 16% por confiarem na integridade de quem faz parte de uma organização da sociedade civil.

Criado em 2006, o Instituto Atsushi e Kimiko A.Yoshii é referência na promoção do desenvolvimento social, com ações ligadas à educação, ao meio ambiente e à cultura. Desde a sua fundação, em Londrina (PR), como braço social do Grupo A.Yoshii, a entidade sem fins lucrativos já envolveu mais de 2.500 voluntários, beneficiou mais de 50 organizações e impactou a vida de mais de 20 mil pessoas. 

Para fortalecer esse trabalho, o Instituto inaugurou uma nova sede na Zona Oeste de Londrina. “É uma conquista de toda a trajetória do Instituto que vem sendo construída pelo envolvimento de muitos voluntários em projetos comprometidos com a educação, o meio ambiente e a cultura. Com essa nova sede, buscamos reforçar nossa atuação de responsabilidade social, promovendo no mesmo ambiente todas as atividades do Instituto”, afirma o presidente do Instituto A.Yoshii, Aparecido Siqueira.

Criando Arte

A iniciativa “Criando Arte”, lançada em 2007, visa estimular o reaproveitamento de materiais residenciais recicláveis por meio de oficinas de artesanato sustentável. O Instituto já promoveu 280 oficinas para confecção de cachepôs, mosaicos, ecobags, entre outras peças, beneficiando 1.200 mulheres em situação de vulnerabilidade social na geração de renda. Atualmente, oito mulheres participam do projeto, como Ivone Lima, de 57 anos, que conheceu o Criando Arte por intermédio da irmã, há cerca de 10 anos. “O projeto me ajudou a adquirir muita experiência com materiais recicláveis. Hoje, sou uma artesã profissional e comercializo meus próprios produtos. Em muitos deles, reutilizo materiais recicláveis que, se não fosse esse trabalho, certamente iriam para o lixo”, comenta.

Agora, no novo espaço, o Instituto promoverá outras atividades, como o “Projeto Click – Inserção Digital”, que promove o acesso dos colaboradores da construtora ao universo digital, com aulas de informática básica, além de um projeto que visa alfabetizar e graduar os colaboradores que possivelmente não concluíram o ensino fundamental e ensino médio. 

Mais recentemente, em 2019, o Instituto criou o "Projeto Obra & Arte", com viés sustentável. Os colaboradores voluntários - carpinteiros, pintores, eletricistas, entre outros - participam de oficinas que transformam resíduos da construção civil em móveis e peças decorativas. “O propósito do projeto é ressignificar os resíduos gerados pela construção civil e reduzir o impacto no meio ambiente, ao mesmo tempo em que os trabalhadores desenvolvem novas habilidades”, diz Aparecido. 

A atuação do Instituto vai além de Londrina. As iniciativas também são aplicadas em Maringá e Curitiba, no Paraná, e Campinas, no interior de São Paulo. Em 2011, o Instituto A.Yoshii se tornou signatário do Pacto Global, iniciativa criada pela Organização das Nações Unidas (ONU) para incentivar a sustentabilidade corporativa no mundo.

A nova sede do Instituto A.Yoshii fica na rua Professor Samuel Moura, 969, no Jardim Bancários.

Sobre o Instituto A.Yoshii

Fundada em 2006, a entidade sem fins lucrativos promove ações solidárias ligadas à educação, meio ambiente e cultura, em busca de resultados com impacto social positivo. Ao longo dos 16 anos de atuação, o Instituto A.Yoshii promoveu diversas iniciativas voltadas a mulheres e jovens em situação de vulnerabilidade econômica-social, minimização de impactos no meio ambiente e democratização do acesso à cultura e à educação. Em 2020, o Instituto foi reconhecido pelo quinto ano consecutivo com o Selo Sesi ODS, como uma das principais organizações que trabalham em prol dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030 da ONU. Mais informações: www.institutoayoshii.org.br.

Sobre o Grupo A.Yoshii

Fundado há mais de 55 anos, o Grupo A.Yoshii já construiu mais de 2 milhões de m² do sul ao nordeste do Brasil, entre obras industriais, edifícios corporativos e residenciais, escolas, universidades, teatros e centros esportivos. É composto pela A.Yoshii Engenharia, com sólida atuação em construções de edifícios residenciais e comerciais de alto padrão em Londrina, Maringá, Curitiba e Campinas; pela Yticon Construção e Incorporação, que realiza empreendimentos econômicos, localizados em regiões de potencial valorização em municípios do Paraná; e pelo Instituto A.Yoshii, voltado para a inserção social e a democratização cultural. Além disso, atua em obras corporativas, atendendo grandes corporações em suas plantas industriais, nos mais variados segmentos da economia, como papel e celulose, alimentício, químico, agronegócio, energia, assim como usinas sucroalcooleiras, centros logísticos, plantas automobilísticas, entre outros. Mais informações: www.ayoshii.com.br.



Bate-papo acontecerá no dia 10 de agosto


Da Redação (Goiânia/GO), agosto de 2022


Na contagem regressiva para a primeira edição do AMARÊ FASHION - Semana da Moda Goiana, empresários do segmento B&B, parceiros do evento, marcas que irão desfilar, se encontrarão no dia 10 de agosto no Shopping República para uma Palestra sobre Retomada do Mercado de Varejo com Patrícia Rodrigues e um bate-papo com Ernani Abreu, especialista em varejo.


"Nos últimos meses, promovemos diversos encontros que rodaram o estado de Goiás para falar sobre negócios e oportunidades para a moda goiana. Chegamos agora à nossa fase de contagem progressiva para a nossa Semana de Moda. Estamos preparando um evento completo que atenderá tanto o mercado B2B, com rodadas de negócios, como público final, que poderá conhecer novas marcas confeccionistas do nosso Estado, além de aproveitar o rico conteúdo das palestras, entretenimento com um grande show de encerramento e gastronomia", afirma a Analista do Sebrae Goiás, Thais Oliveira.


O evento exclusivo para convidados fecha a rodada de preparação do Amarê Fashion, uma realização do Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae Goiás), Serviço Social do Comércio (Sesc), Sistema Federação do Comércio do Estado de Goiás (Fecomércio GO) e Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), e que acontecerá de 31 de agosto a 03 de setembro, no Centro Cultural Oscar Niemeyer, em Goiânia.


O Amarê Fashion - Semana da Moda Goiana conta com o apoio da Organização das Cooperativas de Goiás (OCB/GO), do shopping de moda atacadista Mega Moda Park, SENAI, Governo de Goiás, Capricórnio e AER-44 (Associação Empresarial da Região da 44). Esse evento contará também com os parceiros Shopping República, Grupo José Alves e Cavalo Loco.


Sobre o Amarê Fashion


Com uma programação de cerca de 40 horas de atividades, AMARÊ FASHION – Semana da Moda Goiana acontecerá no período de 31/8 a 3/9/22, no Centro Cultural Oscar Niemeyer, em Goiânia. O público estimado é de 12.450 pessoas. Desfiles, exposições, rodadas de negócios, palestras, arte, gastronomia, música e entretenimento, prometem agitar o espaço que destacará o melhor da moda goiana: do autoral às marcas atacadistas.


 Com um público estimado de 12.450 pessoas, o evento é um trabalho em parceria com as entidades empresariais e o setor produtivo para fortalecer os negócios da moda goiana, e apresentar o Estado de Goiás como importante polo criador de moda no Brasil.


Carregado de referências, ao mesmo tempo regionais e cosmopolitas, o conceito visual e artístico da campanha AMARÊ FASHION, com destaque para os ipês amarelos, típicos do cerrado, para ilustrar o material, é assinado pelo artista Selon.


Serviço:

O que:  Palestra  Retomada do Mercado de Varejo, com Patrícia Rodrigues e um bate-papo com Ernani Abreu, especialista em varejo.


Quando: 10 de agosto de 2022


Onde:  Shopping República 

Endereço: Av. República do Líbano - St. Oeste, Goiânia - GO, 74125-125


Horário: 18 horas


Valor: Gratuito



Informações para Imprensa: com Daniele Flöter (+55 62 98180 7273) | no Sebrae, com Adriana Lima (+55 62 99456 2491) | no Sesc/Senac, com Dhieny Arêbalo (+55 62 98188-6511).



 O pré-candidato ao Senado pelo partido Novo afirmou que, caso seja eleito, transformará Brasília no centro do empreendedorismo, tornando-a um pólo de tecnologia relevante na América Latina.


Segundo Paulo Roque, Brasília precisa deixar de ser a cidade dos concursos públicos e se tornar geradora de emprego e renda. 

Ele, que se identifica com o empreendedorismo desde cedo, chegou a passar em um concurso público, mas preferiu seguir como advogado no mercado privado.  “O setor privado é o que mais gera renda para o DF. De cada dez vagas ocupadas com oportunidade de trabalho, oito são do setor privado e apenas duas do setor público”, afirma. 

Para ele, é preciso investir em startups e no jovem. Um dos objetivos de Paulo Roque é transformar o DF no “Vale do Silício do empreendedorismo” e a solução está na educação. 

Ele defende que o empreendedorismo seja ensinado desde cedo, já no ensino médio. “Precisamos dar aos nossos jovens, uma profissão. Um ensino médio técnico, que o capacite a produzir no mercado de trabalho. Isso gera empregabilidade e renda. O futuro é da juventude empreendedora”, afirma o pré-candidato, finalizando que, hoje, o DF tem 300 mil desempregados, em sua maioria, jovens. “Eles querem começar no mercado de trabalho, não encontram oportunidade e começam a deixar nosso país. Com isso, perdemos nossa melhor força”.


 


Nova vacina contra herpes zóster protege adultos com duas doses

 

Imunizante previne em até 90% a chance da reativação do vírus

 

O herpes zóster é uma manifestação tardia do mesmo vírus causador da catapora, também conhecida como varicela. Até poucos anos, quando a vacina varicela não estava disponível, as pessoas tinham a doença e, após a cura da infecção, mantinham o vírus contido pelo sistema imunológico. Ocorre que, com o passar dos anos, principalmente após os 50 anos, as pessoas que tiveram catapora quando pequenas podem sofrer uma reativação do vírus e desenvolver o herpes zóster.

A novidade no mercado é uma vacina recombinante e inativada que apresenta 90% de eficácia e é aplicada em duas doses. Além de utilizar o vírus inativado, a vacina é chamada de recombinante porque a proteína do vírus é produzida em laboratório numa linhagem de células. O imunizante é indicado para pessoas com mais de 50 anos e para aquelas a partir de 18 anos com um risco aumentado para desenvolver o herpes zóster.

O vírus da catapora, cujo nome é varicela zóster, fica contido pelo sistema imunológico desde a época em que a pessoa teve a doença até o final da vida. "Com o passar dos anos e o envelhecimento dos indivíduos, a reativação desse vírus pode acontecer em cerca de uma em cada três pessoas. Isto se dá porque o sistema imunológico não consegue mais conter a replicação do vírus e a pessoa apresenta lesões, muitas vezes no tronco, mas também na face. O zóster, como chamamos, é pruriginosa, ou seja, provoca coceira, irritação e pode ser dolorosa durante um período”, destaca a Dra. Maria Isabel de Moraes Pinto, infectologista da Dasa Centro-Oeste, a maior rede integrada de saúde do Brasil que, na região, reúne laboratórios como o Exame Medicina Diagnóstica (DF), Atalaia Medicina Diagnóstica (GO), Laboratório Bioclínico (MS) e Cedic Cedilab Imagem e Laboratório (MT).

Segundo o médico infectologista André Bon, do Hospital Brasilia, também pertencente à Dasa, a principal complicação relacionada ao herpes zóster é a nevralgia pós-herpética - uma dor muito intensa que segue o trajeto do nervo que foi acometido pela reativação da herpes zóster.  “Se inicia durante o episódio zóster e permanece mesmo depois da cura das lesões visíveis. Ela pode ser incapacitante, com uma dor muito intensa e precisa de tratamento específico com modulador de dor”, ressalta o médico.

 

Dois tipos diferentes de vacinas

Como prevenção à reativação do vírus varicela zóster, existem atualmente dois imunizantes: uma vacina viva atenuada e que está indicada para pessoas acima de 50 anos, quando justamente o sistema imunológico passa a diminuir a sua capacidade de conter a replicação do vírus. Essa vacina tem eficácia de 50%, ou seja, ela reduz pela metade a chance de a pessoa ter zóster.

Já a segunda vacina, apresentada recentemente ao mercado brasileiro e já disponível na Dasa, é recombinante e inativada. "A segurança da vacina recombinante foi extensamente estudada e a taxa de eficácia chega a 90%, o que proporciona um benefício para a população”, afirma Dra. Maria Isabel.

Segundo a especialista, é fundamental que os médicos informem que há dois tipos de vacina disponíveis: a primeira, com uma dose só e eficácia de 50%; e outra com esquema de duas doses, com eficácia maior. "Normalmente não há recomendação de se repetir o esquema vacinal, ou seja, uma dose se for a vacina viva atenuada ou duas doses se for a vacina inativada. Além disso, a vacina que é inativada está disponível também para pessoas imunossuprimidas. Nesse caso, a vacina é recomendada para pessoas acima de 18 anos, pois os imunossuprimidos podem ter o zóster mais precocemente", esclarece a infectologista.

O infectologista André Bon reforça que tanto para a vacina recombinante inativada como para a atenuada, a eficácia diminui ao longo do tempo, porém, o risco é maior quanto mais velha a pessoa for.  “Pacientes que tomam a vacina com 50 anos de idade podem chegar aos seus 70 anos com uma taxa de proteção um pouco mais baixa.  Então vale a pena conversar com o médico para avaliar, individualmente, o melhor momento de realizar a vacina recombinante, se for o caso”, destaca. Segundo o especialista, essa é a vacina mais indicada por sua maior eficácia, menos efeitos adversos e, especialmente, maior eficácia contra a reativação de zóster e nevralgia pós-herpética.

A Dra. Maria Isabel destaca ainda que o médico prescritor deve descrever qual o tipo de vacina é indicado para o paciente. “De toda forma, em nossas unidades de vacinação, temos um time capacitado para esclarecer as dúvidas e explicar a diferença entre os dois tipos de imunizante. Mas é importante que as pessoas saibam que são vacinas diferentes, com eficácias diferentes e com esquemas vacinais diferentes", orienta a médica.

 

 

Campanha alerta para prevenção e diagnóstico das hepatites virais

 

Casos graves da doença podem levar a insuficiência hepática, cirrose e câncer de fígado  

 

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), as hepatites virais atingem cerca de 300 milhões de pessoas no planeta.  O intuito é conscientizar a população sobre prevenção e diagnóstico, para o melhor controle das transmissões. Entre os agentes infecciosos que causam a hepatite, destacam-se os vírus A, B, C, D (mais conhecido como Delta) e E.

A médica hepatologista Dra. Natália Trevizoli, do Hospital Brasília, pertencente a Dasa, a maior rede de saúde integrada do Brasil, reforça que as hepatites virais fazem parte de um grupo de doenças causadas por vírus que acometem o fígado.  “Os vírus causadores das hepatites são diversos e com características e mecanismos de transmissão muito diferentes uns dos outros. Eles podem gerar consequências graves como insuficiência hepática, cirrose e câncer de fígado.”, afirma a especialista.

As hepatites A e E estão diretamente ligadas a questões precárias de saneamento básico.  Os vírus podem ser transmitidos, por exemplo, pelo consumo de água ou comida contaminados com as fezes da pessoa doente. “Geralmente, quem contrai a hepatite A ou E pode se curar pelo próprio sistema imunológico, mas há casos mais raros em que a hepatite A pode resultar em insuficiência hepática fulminante, causando a morte e, a hepatite E, se tornar crônica em pacientes imunocomprometidos”, destaca a médica.

O vírus da hepatite B é muito infeccioso e pode ser transmitido por sangue ou secreções contaminadas. Já o tipo C evolui para doença crônica em 85% dos infectados e é transmitido, principalmente, por trocas sanguíneas, como ocorre em hemotransfusões, entre usuários de drogas injetáveis e inaláveis, e em procedimentos com instrumentos perfurocortantes. Vale destacar que o Delta é muito particular e só infecta quem já possui o vírus do tipo B. Ele está restrito geograficamente à bacia do Amazonas e a países do Mediterrâneo. 

O médico infectologista Dr. José David Urbaez Brito, do Exame Medicina Diagnóstica, também pertencente a Dasa, esclarece que as hepatites B e C também possuem uma fase aguda, mas podem se instalar no fígado e levar a casos crônicos com lesão moderada e progressiva ao longo dos anos. “O tecido saudável é substituído por um tecido de fibrose, o que pode levar a uma alteração muito grande na funcionalidade do órgão”, explica o infectologista. Segundo o médico, no final dessa evolução, o indivíduo passa a ser portador de uma cirrose hepática, que pode levar à morte ou necessidade de transplante.

O diagnóstico das hepatites virais é essencial para o tratamento adequado. Segundo Dra. Natália Trevizoli, a única maneira de saber se uma pessoa está ou não com hepatite viral é por meio de exames de sangue.   A médica afirma que a doença ainda é subdiagnosticada e estima-se que grande parte dos infectados com os tipos B e C não sabem que têm a enfermidade. “Essas hepatites se destacam por estarem entre as principais causas de cirrose hepática no mundo e causam dois em cada três casos de câncer do fígado”, destaca.

Prevenção

Existem várias medidas de prevenção que podem evitar a transmissão das hepatites virais, como: o uso de preservativo em todas as relações sexuais; exigir materiais esterilizados ou descartáveis em estúdios de tatuagem e de piercings; não compartilhar instrumentos de manicure e pedicure, nem lâminas de barbear ou depilar; não compartilhar agulhas e seringas e equipamentos para drogas inaladas.

Também são recomendados cuidados médicos e odontológicos, incluindo rígido controle para evitar a transmissão por meio de transfusões de sangue, transplantes, hemodiálise, procedimentos perfurocortantes e transmissão vertical (da mãe para o filho durante gestação, parto ou amamentação.

De acordo com Dr. David Urbaez, atualmente existem ferramentas valiosas e potentes para o controle das hepatites, como a vacinação para as hepatites A e B, disponível tanto pelo Sistema Único de Saúde (SUS), como também pelo serviço privado. O médico afirma que a imunização é segura e altamente eficaz. Para as demais formas virais não existe imunização, apenas tratamento. É o caso da hepatite C. “Os medicamentos disponíveis para o tratamento são eficazes e garantem quase 100% da cura em indivíduos submetidos ao uso desses remédios”, conclui o médico.

 


 


foto internet

Tecnologia agiliza atendimento a pacientes de Acidente Vascular Cerebral

 

Aplicativo permite o acompanhamento de casos suspeitos a qualquer hora em emergências no pronto-socorro

 


Definido como uma alteração súbita do fluxo sanguíneo no cérebro, o Acidente Vascular Cerebral (AVC) é uma das causas mais comuns de morte no mundo. Uma das medidas que pode salvar vidas em caso de AVC e reduzir consideravelmente o risco de sequelas é a agilidade no atendimento. Pensando nisso, a Dasa, a maior rede de saúde integrada do Brasil, traz para os hospitais uma inovação tecnológica que permite o acompanhamento 24 horas e em tempo real por neurologistas em atendimentos de emergência no pronto-socorro. A novidade chegou, recentemente, ao Hospital Brasília Unidade Águas Claras. 

Nomeado de Tele Stroke (stroke significa AVC, em inglês), o projeto é um serviço de telemedicina que consegue viabilizar, por meio de um aplicativo e câmera de alta resolução - pelo computador, celular ou tablet -, o atendimento de um neurologista, em uma central, com apoio remoto no atendimento, a qualquer hora. Por solicitação de um médico plantonista treinado, os especialistas conseguem avaliar o paciente, de forma ágil e eficiente, e fornecer subsídios ao médico que está no atendimento de emergência para garantir sempre o melhor tratamento aos pacientes.

Para o superintendente de Tecnologia da Informação da Dasa, Rafael Goulart, o projeto tecnológico viabiliza o cuidado na atenção especializada. “Conseguimos promover esse cuidado que as pessoas precisam, com o auxílio da tecnologia. Criamos essa possibilidade, por meio de um software que permite essa aproximação da Dasa e de especialistas com os pacientes, sempre com a preocupação em oferecer o melhor no acolhimento e na atenção à saúde”, destaca Goulart. 

Segundo o médico neurologista Dr. Victor Gadelha, head de inovação médica dos hospitais Dasa, a tecnologia permite, inclusive, que o neurologista receba os exames de imagem, como ressonância e tomografia, em tempo real, que são fundamentais para a tomada de decisão terapêutica. “É mais uma iniciativa da Dasa, fruto de um trabalho integrado do time de tecnologia da informação com o time assistencial em prol do melhor cuidado para os nossos pacientes”, complementa o especialista.  

Segundo o médico, o método já é adotado nos Estados Unidos há mais de 10 anos e segue protocolos internacionais. “Estamos levando a inovação para os hospitais Dasa e chegamos agora ao Hospital Brasília Unidade Águas Claras, já com a expertise da implementação em outras unidades no país”, destaca Dr. Gadelha.  O médico reforça que o serviço de telemedicina também permite que um único neurologista consiga avaliar mais de um paciente ao mesmo tempo sem comprometer a qualidade do atendimento. 

De acordo com a médica Dra Letícia Rebello, head de Neurologia da Dasa, o diagnóstico do AVC é feito por meio dos sinais e sintomas, por isso é muito importante aprender a reconhecê-los e buscar ajuda médica imediatamente caso um deles esteja presente. Entre eles estão:  boca torta ao sorrir; perda de força ou sensibilidade em um dos lados do corpo, seja o direito ou o esquerdo; e dificuldade de falar e de entender o que os outros falam.  

“O que é importante lembrar é que os sinais do AVC começam de uma hora para a outra, sem aviso prévio. Na ocorrência de qualquer um deles, a pessoa deve ir até um hospital imediatamente. ‘Tempo é cérebro’ é a nossa máxima para essa doença”, conclui a médica.  





Antes de escrever sobre o jogo, imperioso registrar o passamento de Jô Soares, comediante, escritor,  apresentador,  editor, dramaturgo e mais um infindável rol


Dotado de  uma inteligência inigualável, obviamente Jô era naturalmente Tricolor.

Agora,  se junta a Nelson Rodrigues e tantos outros gênios tricolores num céu de estrelas.

Num Maracanã com quase 50 mil tricolores,  o Fluminense recebeu o Cuiabá.

Pressionando a saída de jogo adversária,  com 1 minuto Ganso devolve de calcanhar para Cano que faz 1x0.

O gol cedo faz mal ao Fluminense que se desinteressou do jogo, continuou com posse de bola mas o Cuiabá se soltou um pouco e levou perigo algumas vezes.

E assim o primeiro tempo  se arrastou.

Voltamos para o segundo tempo com um pouco mais de ambição e logo no início Cano perdeu uma oportunidade.

Aos 18 saem Ganso, Felipe Melo e Pineida para entrada de Nathan, Martinelli e Cris Silva com Diniz querendo tornar mais rápida a  transição pro ataque .

Aos 41 minutos entra Marrony e sai Arias e aos 45 Bigode,  saindo Cano.

Assim o Fluminense completa 13 jogos de invencibilidade,  se consolida no G4 ficando 7 pontos atrás do Palmeiras.

Não foi uma grande exibição,  mas valeu pelos 3 pontos, e agora é  preparar o time,  corrigir os defeitos apresentados para no próximo domingo visitar o Internacional em busca de mais uma vitória.

Bora FLUZÃO!

*Raimundo Ribeiro é apaixonado por futebol e naturalmente tricolor.

Números do mês de julho mostram registro de mais de 2,5 mil novos CNPJ's no Estado. Para abrir uma empresa em Goiás, o empresário gasta em média 20 horas e 22 minutos


Foto: Pedro Santos.

Com 2.673 novas empresas registradas em julho, o estado de Goiás liderou o ranking de aberturas de novos CNPJ's entre os estados das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste do País. Os números foram divulgados pelo Governo Federal por meio do Portal da Rede Nacional para Simplificação do Registro e da Legalização de Empresas (Redesim). Segundo a Junta Comercial do Estado de Goiás (Juceg), os dados são reflexos da retomada econômica em todo território goiano.
 
No saldo do ano, de janeiro a julho de 2022, Goiás soma 19.401 novas empresas. O tempo médio de abertura delas no Estado, em julho, foi de 20 horas e 22 minutos. No mesmo período, 887 CNPJ's abriram suas portas com capital social superior a R$ 500 mil. Goiânia é a cidade que mais atraiu empresas, com 1.092 novas instalações, seguida de Anápolis (153), Aparecida de Goiânia (147), Rio Verde (103) e Luziânia (53).
 
O setor de serviços liderou a criação de novos empreendimentos. Aparece em quatro dos cinco que mais criaram CNPJ's: serviços combinados de escritório e apoio administrativo liderou o ranking (272); preparação de documentos e serviços especializados de apoio administrativo (179); comércio varejista de bebidas (172); atividades de consultoria em gestão empresarial, exceto consultoria técnica específica (167). Em seguida, na quinta posição, está o ramo de treinamento em desenvolvimento profissional e gerencial que criou 159 novas empresas em julho.

Construção civil
Segundo o relatório divulgado pela Juceg, a indústria da construção civil continua aquecida no estado. Em julho, surgiram 157 novas empresas do segmento e ocupa a sexta colocação no ranking, em Goiás. O presidente da Juceg, Euclides Barbo Siqueira, destaca que o relatório traz um ótimo indicativo para o Estado. "Isso significa que estamos produzindo. É mais renda para o cidadão e mais postos de trabalho. Tudo isso faz a roda da economia girar", comemora.

Objetivo é alertar a população sobre a importância e os benefícios de vacinar crianças e adolescentes menores de 15 anos. Coberturas vacinais no Estado estão bem abaixo do preconizado pelo Ministério da Saúde



O Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES), e em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde de Goiânia, abre oficialmente nesta segunda-feira (8/8), às 8h, a Campanha de Multivacinação, no Centro de Saúde da Família do Bairro São Carlos. O objetivo da iniciativa é alertar a população sobre a importância e os benefícios da vacinação em crianças e adolescentes menores de 15 anos. As vacinas, ofertadas gratuitamente nas unidades de saúde de todos os municípios do Estado, protegem contra doenças imunopreveníveis como sarampo, tétano, tuberculose, coqueluche, difteria, meningites e hepatites, dentre outras.

A meta da ação é atualizar o cartão vacinal, uma vez que dados da SES mostram que nos últimos anos as coberturas vacinais de todas as vacinas estão bem abaixo de 95%, meta preconizada pelo Ministério da Saúde (MS) para garantir a proteção coletiva de toda a população infantil. Em média, neste ano no Estado a cobertura vacinal está pouco acima dos 50%.  

O Governo de Goiás prepara também uma campanha publicitária de cunho educativo para alertar os pais e responsáveis sobre a importância da imunização. A campanha, que está sendo preparada para a semana do Dia D (20/8), tem o mote "Xô Dodói" e visa divulgar que é possível prevenir várias doenças graves e manter as crianças protegidas.

Vacinas seguras e eficazes
Todas as vacinas incluídas no Calendário Nacional de Vacinação da Criança e do Adolescente, foram estudadas, avaliadas e validadas há mais de 30 anos pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). São extremamente seguras e com efeito de debelar o risco de adoecimento de crianças e adolescentes.

Autoridades sanitárias reiteram que vacinas salvam vidas e que a vacinação é uma das intervenções de saúde pública consideradas mais eficazes. Pesquisas desenvolvidas pelo MS revelam que o uso de vacinas e o avanço nas coberturas vacinais ao longo das últimas décadas levaram à diminuição da incidência das doenças imunopreviníveis.

O Brasil chegou a receber o Certificado de Erradicação da Paralisia Infantil em 1994 e o Certificado de País Livre do Sarampo, em 2016, ambos concedidos pela Organização Mundial de Saúde (OMS). Mas o desconhecimento da gravidade das doenças imunopreviníveis pela população mais jovem, porque não teve contato com pessoas que sofreram essas enfermidades, contribuiu para a queda acentuada dos índices de coberturas vacinais nos últimos anos em todo o País, inclusive no Estado de Goiás.

Sarampo e Difteria
Dois anos depois da concessão do Certificado de País Livre do Sarampo, com a reintrodução do vírus dessa doença no Brasil e a circulação da mesma cadeia de transmissão por mais de 12 meses consecutivos, o País perdeu essa certificação.

Em 2019 foram registrados 5 casos de sarampo em Goiás, o que restabeleceu uma cadeia de transmissão da doença após 20 anos sem circulação do vírus. Esse surto se estendeu de agosto de 2019 a março de 2020, quando foram registrados 20 casos da doença nos municípios de Goiânia, Aparecida de Goiânia, Anápolis, Posse e Rialma. Em 2021 e 2022, todos os casos suspeitos de sarampo notificados em Goiás foram descartados.

A difteria, que havia sido controlada, deixando de ser uma preocupação dos gestores de saúde, voltou a apresentar casos isolados. O último caso da doença havia sido notificado em 1998. Neste ano foi registrado 1 caso da enfermidade em Santa Helena de Goiás.

Além de proteger as crianças com a vacinação de todas as doenças imunopreviníveis, os especialistas alertam sobre a manutenção de alguns cuidados, considerados imprescindíveis para manter a saúde em dia. Recomenda-se a adoção de cuidados de higiene e limpeza, lavar as mãos frequentemente com água e sabão, não tocar os olhos, nariz ou boca sem antes lavar as mãos, cobrir a boca e o nariz com um lenço de papel ou manga da blusa quando tossir ou espirrar, e evitar contato próximo ou compartilhar utensílios de mesa ou xícaras com pessoas que apresentam sintomas das enfermidades.

Agência ganhou ainda um totem do programa Expresso, que disponibiliza serviços totalmente digitalizados



Fotos: Marcelo Oliveira.

O Governo de Goiás retomou os atendimentos na unidade Vapt Vupt de Cristalina, na região leste do Estado, após a agência passar por reparos estruturais em suas instalações. A obra foi viabilizada pela Secretaria de Estado da Administração (Sead) e contou com investimento superior a R$ 60 mil reais. Foram realizadas intervenções como revitalização do piso, adequação dos sanitários e reestruturação das instalações elétricas.

A agência tem capacidade para realizar aproximadamente seis mil atendimentos mensais. O local oferece serviços de órgãos como Agehab, Agrodefesa, Detran, Ipasgo, Juceg e Saneago. Os atendimentos devem ser previamente agendados no portal www.vaptvupt.go.gov.br ou pelo site do Expresso (www.expresso.go.gov.br).

A unidade também recebeu um Expresso Totem, ferramenta de autoatendimento que disponibiliza mais de 20 serviços estaduais no formato digital, sem a necessidade de interação com um atendente. Dentre os principais atendimentos oferecidos na ferramenta estão a solicitação de primeira via da Carteira Nacional de Habilitação (CNH), segunda via de conta de água e emissão de guia de trânsito animal. 




Show integra programação do Mega Atacarejo Dia dos Pais, que acontece nos dias 8, 9 e 10 de agosto

 

O cantor sertanejo Israel Novaes, sucesso nacional com músicas como "Dodge ram", "Sinal Disfarçado" e "Vó tô estourado", se apresenta no Mega Moda Park, em Goiânia. O Show acústico que faz parte da programação do Mega Atacarejo Dia dos Pais, será gratuito e acontece ao meio dia na praça de alimentação do shopping.

 

De acordo comTássia Carvalho, Gerente de Marketing do Grupo Mega Moda, Israel Novaes é uma atração a mais para a ação da semana dos pais que está repleta de atrativos como  sorteios de prêmios e vale-compras de hora em hora e um espaço especial chamado de Clube do Papai com jogos, chopp e barbeiro.

 

Também estão na programação, a presença da influenciadora e embaixadora do shopping, Thays Jubé, Feira de Orquídeas da Orchid Garden. O estacionamento durante os três dias de ação é gratuito para clientes.

 

Tássia destaca ainda que a semana que antecede o Dia dos Pais deve ter um grande movimento de clientes de Atacarejo e que por isso, o shopping investiuem uma grande ação para receber tanto os compradores da cidade e entorno, quanto as excursões de turismo que devem trazer mais de 500 pessoas.

 

A ação acontece nos dias 8, 9 e 10 de agosto. A data também será marcada pelo lançamento do novo layout do site de vendas do Mega Moda. O www.megamoda.com.br.

 

 

Compras

Neste Dia dos Pais, 88% das pessoas pretendem presentear na data, segundo pesquisa encomendada pelo grupo Globo. O estudo "O Dia dos Pais no Pós-pandemia" contou com uma amostra de 1500 entrevistados e  reúne dados acerca de consumo e tendências. Ainda segundo o relatório, 61% têm a pretensão de gastar entre R$50 a R$ 200 reais. Na lista de compras, as roupas lideram o ranking de preferências com 38% das intenções de compra, seguida por perfumes, com 23%.

 

Dentre os produtos mais procurados estão as camisetas e camisas polo como opção de presente. No Mega Moda, é possível encontrar ainda: jeans, camisas, calças, moda praia, fitness, para o público masculino.

 

Sorteio

Desde o dia 11 de julho, a campanha "Mega Dia dos Pais" tem convertido as vendas em cupons para o sorteio de um vale-compras de R$ 500. A ação acontece até o dia 14 de agosto.

Programa Foco Nacional recebeu diretora do Instituto de Gestão Estratégica em Saúde do Distrito Federal (Iges/DF) e empresária do segmento condominial, entre os assuntos oportunidades de contratação na área de saúde de processo seletivo aberto esta semana e atendimento na capital para pacientes diagnosticados com a Varíola dos Macacos



A diretora do Instituto de Gestão Estratégica do Distrito Federal (Iges/DF), Mariela Sousa, e a empresária do segmento condominial, Janara Botelho, foram as covidadas para o bate-papo mediado pelo jornalista Paulo Melo no programa Foco Nacional desta terça-feira (2).

Como de praxe na mediação para iniciar a roda de conversa  Paulo Melo ouviu as convidadas sobre um breve resumo da história de vida e carreira. A diretora do Iges/DF, Mariela Sousa, contou sua trajetória até chegar ao atual posto de direção do Instituto, cargo ocupado em janeiro deste ano; advogada, natural de Corrente no estado do Piauí (PI), a jurista construiu sua carreira advogando, especialmente na área do direito do trabalho, da  qual se especializou.

Já a empresária brasiliense Janara Botelho, de apenas 25 anos, contou que viu na história de superação dos pais, nordestinos, a motivação e a garra para empreender. A gestora está à frente da Bend Service, uma empresa de serviços combinados para apoio a edifícios, exceto condomínios prediais. O empreendimento realiza atividades de prestação de apoio para instalações prediais como funções relacionadas à recepção, portaria, limpeza, higienização e disposição de lixos e resíduos (zeladoria, de forma geral, exercida pelos zeladores) em edifícios, exceto os prediais.

Mariela Souza destacou a importância estratégica do instituto composto por uma estrutura distribuída em mais sete Unidades de Pronto Atendimento (UPA 24h) instaladas no governo de Ibaneis Rocha, totalizando 13 unidades e dois hospitais, Hospital de Base do Distrito Federal e Hospital Regional de Santa Maria – Iges/DF, que tem cerca de 18 mil empregos diretos e indiretos atuando em todo o DF. Há ainda propostas em andamento para a construção de mais duas Upa's, nas regiões administrativas da Cidade Estrutural e do Guará. "Atualmente com essas 13 Upa's, funcionando 24 horas, temos desafogado bastante as necessidades e a demanda de atendimentos em saúde da população, são mais de 36 mil atendimentos por mês", constata a diretora do Iges/DF.

Além disso, a diretora do instituto mencionou também o processo seletivo aberto esta semana para oito especialidades médicas, técnico de enfermagem, enfermeiro, fisioterapeuta, fonoaudiólogo e copeiro. Os interessados podem  se inscrever, por meio do site do Instituto, no endereço https://igesdf.org.br/trabalhe-conosco/  até está sexta-feira(5).

Paulo Melo também questionou a gestora do Instituto sobre as condições da saúde pública no Distrito Federal para atender pacientes com a 'varíola dos macacos. ' Recentemente a Secretaria de Saúde (SES-DF) divulgou uma relação das regiões administrativas com mais casos de varíola dos macacos no Distrito Federal. O levantamento da pasta, divulgado nesta segunda-feira (1º/8), elencou Plano Piloto, Guará e Águas Claras como as três áreas com cinco ou mais diagnósticos.

De acordo com informações da diretora do Iges/DF,  alguns casos da doença tem aparecido nas Upa's, mas estão sendo direcionados para os hospitais mais próximos à residência do paciente. "O Ministério da Saúde já está preocupado e tem buscado a compra de vacinas para o combate desta doença, que é altamente contagiosa. É uma doença que não se esperava, assim como a Covid-19, todo mundo foi pego de surpresa, e nesse contexto tivemos que nos adequar de forma rápida para atender esses pacientes", explica.

O IGES/DF foi criado no atual governo executivo local, com o objetivo de facilitar compras e contratações e dar mais celeridade aos serviços públicos de saúde, como compras de remédios e medicamentos e ainda contratação de pessoal.

Assista o programa completo: https://www.youtube.com/watch?v=lSK6kgBAiHU


Fotos: Marcelo Santos.

Obra feita na gestão Ibaneis foi lembrada pelo presidente da ACDF, Fernando Brites, como uma demanda antiga do setor



Fotos: Marcelo Santos.

As reformas do Setor Comercial Sul (SCS), feitas pela gestão de Ibaneis Rocha, foram lembradas durante a posse dos novos diretores e conselheiros da Associação Comercial do DF (ACDF) nesta quinta-feira (4). O presidente Fernando Brites elogiou o trabalho que vem sendo feito, enquanto Ibaneis reforçou que valeu a pena reformar o SCS e outras áreas da cidade.

"O Fernando Brites tinha um sonho de reformar o Setor Comercial Sul, assim como nós tínhamos o sonho de reformar a W3 e, ao longo do mandato, conseguimos fazer muito pela cidade. A

W3 hoje é um palco para o empreendedorismo. Temos pesquisas que mostram que valeu a pena reformar a W3, assim como valeu reformar o Setor de Rádio e TV Sul, o Setor Hospitalar Sul e agora o nosso querido Setor Comercial Sul", disse Ibaneis Rocha ao destacar a obra da Praça do Povo.

Em seu discurso, o chefe do Executivo fez questão de ressaltar a importância da associação e manter as portas abertas para projetos. "A ACDF foi importante na redemocratização de Brasília e, da parte do governo, digo que vocês são bem recebidos no governo, assim como suas ideias", afirmou Ibaneis Rocha.

Presidente da ACDF, Fernando Brites elogiou o governador Ibaneis Rocha por cuidar do Setor Comercial Sul. "Tinha 45 dias deste governo e fui a ele [Ibaneis] dizer que a ACDF criou um projeto, ainda em 1996, para recuperar o Setor Comercial Sul. Ele já reformou a Praça do Povo e temos canteiro de obras na Quadra 5 e licitação e projeto para reformar as demais quadras", disse Brites.

O grupo eleito para a gestão 2022/2025 da ACDF conta com Fernando Brites como presidente e Rubem Soares Branquinho como presidente do Conselho Superior. A presidente do Conselho da Mulher Empreendedora, Ana Claudia Cotait, e a secretária Nacional da Família, Ângela Gandra, também participaram do evento.

 Presente em muitas culturas, o leite é um dos alimentos mais completos e versáteis que existem, podendo ser consumido de diversas formas e em praticamente todas as refeições do dia, e sempre associado à boa nutrição. 

Um copo cheio de leite de vaca contém vitaminas A e B, que são excelentes para garantir uma boa visão e o aumento da produção de células vermelhas do sangue; carboidratos para nossa vitalidade e energia; potássio para regular as funções nervosas; magnésio para os músculos; fósforo para liberação de energia; e proteínas para a restauração e o crescimento celular. Mariana Etchepare, doutora em Ciência e Tecnologia de Alimentos e professora do curso de Nutrição da Universidade Positivo, conta que o leite pode proporcionar vários outros benefícios. “O leite de vaca e seus derivados compõem um grupo de alimentos cultural e nutricionalmente importante, tanto por estarem presentes no cotidiano da maioria das pessoas,como por ofertarem quantidades consideráveis de nutrientes necessários ao desenvolvimento do organismo. No Brasil, o hábito alimentar é consumir leite de vaca na primeira refeição do dia, sendo ingerido puro, com café ou acompanhado de frutas, além de ser o ingrediente constituinte de diversas preparações culinárias tradicionais, doces ou salgadas” Por serem fontes de proteínas, peptídeos, fósforo e vitaminas A, D, B2, B12, biotina e cálcio, o consumo de leite e derivados colabora para o alcance das recomendações de ingestão diária destes nutrientes e auxilia nos benefícios citados abaixo:

Controle de peso

O consumo de leite e derivados como parte de uma dieta completa, variada e equilibrada está associado à manutenção de um peso corporal saudável e à diminuição do acúmulo de gordura visceral. “É um mito atestar que leite engorda. Pesquisas recentes mostram que pessoas que consomem leite e alimentos lácteos tendem a ser mais magras do que aquelas que não os consomem”, comenta Mariana.

Dentes mais fortes

A concentração de cálcio e fósforo presentes no leite e derivados é benéfica para o desenvolvimento e manutenção da saúde dos dentes. A proteína mais abundante do leite, a caseína, protege a superfície do esmalte quando os dentes são expostos a alimentos muito ácidos.

Fortalece os ossos

Sendo fonte de cálcio, fósforo, magnésio e proteínas, que são essenciais para o crescimento e o desenvolvimento saudável dos ossos, o consumo adequado de leite desde a infância e na vida adulta pode ajudar a tornar os ossos mais fortes e protegê-los contra doenças como a osteoporose.

Consumo

Segundo o Sindicato da Indústria de Laticínios e Produtos Derivados (Sindilat), apesar das altas nos preços do alimento, o consumo não diminuiu. Para o coordenador comercial de lácteos da Unium, Rogerio Wolf, o que acontece é uma forte queda de produção, chegando a 10% no primeiro trimestre, o mercado reagiu a queda da oferta com aumento de preços “Mesmo com o preço mais elevado, o leite é um produto essencial para a alimentação. Qualquer outro alimento que possa substituí-lo vai ser mais caro e pode não atender todas as necessidades nutricionais que o leite atende na dieta alimentar” finaliza.

Sobre a Unium

Marca institucional das indústrias das cooperativas Frísia, Castrolanda e Capal, a Unium representa os projetos em que as cooperativas paranaenses atuam em parceria. Todas as marcas reunidas pela Unium, inclusive a Alegra, são reconhecidas pela qualidade e excelência.

A Unium também conta com três marcas de lácteos: Naturalle - de produtos livres de aditivos -, Colônia Holandesa e Colaso. No setor de grãos, a Unium conta com a marca Herança Holandesa - farinha de trigo produzida em uma unidade totalmente adequada à ISO 22000, o que a qualifica com elevados padrões de exigência.


Promovida pelo Top Center Shopping, passeio guiada propõe roteiro de conhecimento e contemplação fotográfica pela Avenida Paulista

Os 2,8 km de extensão da Avenida Paulista são percorridos diariamente por 1,5 milhão de pessoas. Mas quantas delas conhecem a história do lugar que é considerado o coração financeiro, cultural, gastronômico e turístico, e que guarda grande parte da memória da cidade de São Paulo?

Para desvendar os “segredos” da Paulista, o Top Center Shopping – localizado na Avenida Paulista – promove gratuitamente no próximo dia 07 de agosto (domingo), a partir das 9h, o Tour #APaulistaéTop. A proposta é fazer um passeio guiado, contemplativa e fotográfica por toda a avenida, começando pela Praça Oswaldo Cruz (antigo largo do Paraíso) até a Praça Marechal Cordeiro de Farias, também conhecida como Praça dos Arcos.

O grupo de no máximo 15 pessoas – que devem se inscrever previamente pelo aplicativo do shopping - será guiado por Rafael Gushiken, nome por trás do guia cultural paulistano ‘São Paulo da Garoa’ no Instagram, com mais de 65 mil seguidores, e que ainda em 2022 se torna um Guia de Turismo formado pelo Senac: “A ideia do passeio é trocar conhecimento e inspirar os registros fotográficos que tragam o olhar de cada participante sobre a Avenida Paulista”, conta Gushiken.

No roteiro terá passagem por locais como Casa das Rosas, Japan House SP, Sesc Av. Paulista e Itaú Cultural. Além da explicação sobre os lados opostos da Paulista (par e ímpar) e seus pontos relevantes; parada na escultura de quase nove metros de altura da artista plástica nipo-brasileira Tomie Ohtake (1913-2015); no Parque Tenente Siqueira Campos (Trianon) com explicações sobre o "Morro do Caaguaçu" e a fundação da via Joaquim Eugenio de Lima, o MASP, Casarão Franco de Mello, Conjunto Nacional, Praça do Ciclista e Instituto Moreira Salles até o final na Praça dos Arcos.

“Propor vivências diferenciadas, como o tour #APaulistaéTop, é um dos pilares do Top Center Shopping para 2022. “Poucos são os que prestam atenção nos detalhes e no charme da Av. Paulista por conta da correria. Com essa ação, vamos construir uma relação mais próxima com nosso público que vai se divertir e aprender”, explica Débora Neves, Coordenadora de Marketing do Top Center Shopping, que afirma: “Nosso objetivo é tornar esse tour um evento mensal”, finaliza.

 

Serviço:

Walking Tour #APaulistaéTop

Data: 07/08/2022 (domingo)

Horário: das 9h às 11h30

Inscrições: https://topcentershopping.com.br/

 

Roteiro:

       Praça Oswaldo Cruz - (ponto de encontro)

       Casa das Rosas

       Japan House SP, Sesc Av. Paulista e Itaú Cultural - (lado par da via)

       Parada Top Center Shopping - (uso do banheiro, comida e bebida)

       Edifícios Gazeta, Pauliceia e São Carlos do Pinhal – (lado ímpar da via)

       Parada na escultura da artista plástica nipo-brasileira Tomie Ohtake e edifícios históricos no entorno

       Edifício da FIESP

       Parque Tenente Siqueira Campos (Trianon)

       MASP

       Casarão Franco de Mello

       Conjunto Nacional

       Praça do Ciclista e Instituto Moreira Salles

       Praça Marechal Cordeiro de Farias – (ponto final)

 

Sobre o Top Center

Localizado no coração da Avenida Paulista há mais de 40 anos, o Top Center Shopping oferece ao público praticidade, compras, experiências e bons momentos em um só lugar. Com 6.557 m² de ABL (Área Bruta Locável) e 85 lojas variadas, como: Forever 21, Decathlon, MAC, Starbucks, Bacio di Latte, entre outras, o empreendimento possui localização privilegiada entre as estações de metrô Trianon-Masp e Brigadeiro e atrai cerca de 9.500.000 visitantes ao ano.

 

Informações à imprensa:

Hatsur | Comunicação Integrada

Cristiane Fernandes Palumbo – cristiane@hatsur.com (11) 94141-8585

Tecnologia do Blogger.