Mostrando postagens com marcador INOVAÇÃO. Mostrar todas as postagens

 

       Crédito: José Gonçalo/LBV

Missão cumprida! Campanha de Natal Permanente da LBV supera meta e beneficia milhares de famílias em todo o Brasil.

Com a sua ajuda, superamos a meta inicial e entregamos, durante o mês de dezembro, 51.403 cestas de alimentos a famílias em todo o Brasil. Isso mesmo! Foram 1.028.060 quilos arrecadados impactando diretamente a vida de mais de 200 mil pessoas.

 

Ao todo foram mais de 226 municípios e 500 organizações parceiras comtemplados com a maior mobilização do ano da entidade intitulada campanha Natal Permanente — Jesus, o Pão Nosso de cada dia!. Com o objetivo de garantir uma alimentação digna e fortalecer o espírito de Solidariedade, a ação levou esperança e alimento à mesa de quem mais necessita.

 

A palavra de ordem para esse momento é agradecimento. Isso porque após superar muitos desafios – no ano em que a inflação do Natal é a mais alta dos últimos três anos (5,39%), segundo levantamento realizado pelo Instituto Brasileiro de Economia, da Fundação Getúlio Vargas (FGV/Ibre) –, a Legião da Boa Vontade (LBV) cumpriu sua meta e finalizou a entrega das cestas de alimentos que levarão a certeza de um Natal sem fome para milhares de famílias no Brasil.

 

No Distrito Federal e entorno, entre serras, morros, rios, regiões remotas e de difícil acesso, locais esquecidos pela sociedade e outros desafios a Caravana Solidária de Natal da LBV percorreu quase 2 mil quilômetros entre as cidades de Brazlândia, Recanto das Emas, Samambaia, Estrutural, Itapoã, Sobradinho, Ceilândia e Sol Nascente, São Sebastião, e no entorno de Brasília os municípios goianos de Santo Antônio do Descoberto, Formosa, Luziânia, Águas Lindas, Cavalcante e Valparaíso. Foram entregues mais 70 Toneladas em doações impactando mais 15 mil pessoas em situação de vulnerabilidade social e risco alimentar atendidas em seus programas socioeducacionais e também amparadas por instituições parceiras da LBV.

 

Agradecemos a você, protagonista dessa Jornada de Esperança por um Natal mais feliz, sem fome e digno a estas famílias. Que essa conexão seja para enaltecer um único sentimento: o amor ao próximo! Conheça mais sobre o trabalho da LBV pelo site www.lbv.org.br e faça parte dessa história.

Com o surgimento das redes sociais, a comunicação global tornou-se realidade instantânea. A notícia, como tal considerada interessante, é capaz de ganhar proporções mundiais em poucos minutos, só por si suficiente para promover reação e/ou comoção social, a partir do impacto individual e coletivo na vida cotidiana. Por esse canal, a comunicação explodiu!


por Everardo Ribeiro

Num estalar de dedos, a massa humana ficou alimentada de informações variadas. A notícia interessante deixou de propagar entre poucos e passou a ter alcances mundiais, no exato momento de sua veiculação.

Com essa força, a comunicação passou a ser explorada para divulgação e massificação não apenas de notícias de interesse comum sobre avanços científicos; produção industrial e alimentar; tecnologia; política, artes, esportes e outros, mas também como canal eficiente para a disseminação de interesses segmentares, como ferramenta poderosa para a banalização da consciência moral, ética e tradicional; aviltamento das tradições familiares e sociais, dos valores culturais, das crenças e dos dogmas religiosos; cultuação da ideologia de gênero, seguindo-se para os avanços com a massificação das escolhas sexuais multiplas, tudo com o inescondível propósito de destruição da família tradicional, fundamentada na união entre homem e mulher.

A par disso, num enfoque mais particularizado, impõe-se ressaltar que o Movimento da Família Tradicional não se coloca contrário às instituições familiares derivadas de orientações sexuais diversas da relação homem e mulher. Não!

Vislumbra-se que também essas instituições sejam respeitadas, o que certamente será factivo quando a afirmação, a orientação e a prática sexual ficarem reservadas ao seu convívio íntimo, ou seja, restritas à intimidade de seus optantes, ou quanto menos, sem os exageros nas exibições e provocações públicas, como que num cenário de embate e enfrentamento de nós outros.

Como visto, o respeito recíproco há de ter mão de duplo sentido, ou seja, sem agressão aos que também têm o direito à preservação da família tradicional que, lamentavelmente, nos últimos tempos vem sendo fragilizada por campanhas poderosas, com alvo certeiro para a desqualificação dos pais na sua missão de educar e criar seus filhos de acordo com as suas crenças, bases e valores morais e familiares.

Daí porque surge o Movimento da Família Tradicional, que, tal como os mencionados movimentos segmentares, pretende marcar seu território por meio das redes sociais. E assim, sair da apatia e dar o seu grito para a preservação e afirmação da família tradicional. Dizer o que pensa, sempre balizado pelo restrito propósito de defesa da entidade familiar, de sua existência, seus valores, seus conceito moral, ético, legal, humanitário, assim também, sua base fundamental e única para a procriação; enfim, ressaltar a sua expressão e importância histórica sem, obviamente, fazer exclusão daqueles que pensam diferente, na esperança de que eles também se coloquem num ambiente de convívio social harmonioso.

Na defesa da Família Tradicional sua participação é imprescindível para a criação de um movimento eficaz nas redes sociais. Vamos todos unidos, de mãos dadas.

*Everardo Alves Ribeiro é jornalista; foi agente de polícia, delegado de polícia no DF; é juiz de Direito aposentado da União, pelo TJDFT; e ex-conselheiro da OAB/DF.


Para acabar de vez com a ansiedade dos fãs, o Akatu, grupo mineiro que tem se destacado nacionalmente no samba e pagode, acaba de anunciar quais serão as participações especiais do seu novo DVD, intitulado como Degrauzinho por Degrauzinho. O trabalho, que será gravado no dia 27 de janeiro, quinta-feira, a partir das 21h, no Expominas (Av. Amazonas, 6200 - Gameleira, Belo Horizonte - Minas Gerais), trará nomes de destaque do estilo musical, como, Belo, Ferrugem, Menos é Mais, Suel e Di Propósito. Os ingressos para assistir ao show são limitados podem ser comprados por meio do site  www.centraldoseventos.com.br .

De acordo Ângelo (reco e voz), um dos fundadores do Akatu, a gravação do DVD será um dos momentos mais marcantes na carreira do grupo. "Com toda certeza esse é um dos eventos mais importantes desde que iniciamos a jornada na música. Estamos muito ansiosos e dedicados para trazer ótimas surpresas para o nosso público, já consideramos que o dia 27 de janeiro é um marco para o nosso grupo", diz o artista.

O músico destaca q   ue a escolha do nome Degrauzinho por Degrauzinho, para o novo DVD, não foi por acaso. "Além de Degrauzinho ser uma música que conta com um carinho enorme de todo o grupo, este título expressa um pouco do que tem sido a carreira do Akatu, conquistando um degrau por dia, passo a passo, com dedicação e amor pela música. Já estamos há 6 anos na batalha e há pouco tempo que passamos a ver o nosso trabalho tomando proporções nacionais e internacionais, pois ter Neymar e Thiago Silva compartilhando vídeos com a nossa música nas redes sociais, rádios tocando as nossas canções e, principalmente, o reconhecimento por parte dos fãs, é a prova de que cada degrauzinho está sendo vencido", relata Ângelo.  

Sucesso

Recentemente, os pagodeiros do Akatu tiveram a surpresa de ver o jogador do PSG e da Seleção Brasileira, Neymar Jr. compartilhando um trecho do Encontro de Gerações em sua conta do Instagram, com mais de 160 milhões de seguidores e, em seguida, Thiago Silva, também titular da Seleção e atleta do Chelsea, postou, para os seus 18 milhões de seguidores, parte de outro vídeo do projeto, marcando a banda de Minas Gerais.

O sucesso que o grupo Akatu vem fazendo entre os atletas é a prova de que pagode e futebol combinam muito. O vídeo que foi postado por Thiago Silva é o bloco que traz as músicas Complicado, Só por um momento e Pra ver o sol brilhar, em que os mineiros dividiram o palco com Vitinho. Só este trecho já conta com mais de 10 milhões de visualizações e, se depender dos ilustres admiradores do trabalho da banda, os números não vão parar de crescer. Este mesmo trecho foi o divulgado por Neymar Jr., que filmou a tela de um computador que reproduzia canal no YouTube, acompanhado pela palavra "pagodinn" e com o áudio amplificado em uma caixa de som.

O grupo Akatu, uma das maiores revelações do samba e pagode no ano de 2020, vem conquistando cada vez mais espaço no cenário musical nacional. Isso porque, após o lançamento do projeto audiovisual "Encontro de Gerações", em parceria com o Revelação e participações especiais de Xande de Pilares, Liomar e Vitinho, os mineiros seguem crescendo em números nas redes sociais e plataformas digitais. Hoje eles contabilizam mais de 66 milhões de visualizações no YouTube, 10 milhões de streamings e quase 500 mil ouvintes mensais no Spotify, além dos mais de 280 mil seguidores no Instagram.

Grupo Akatu

Formado atualmente por Angelo (reco e voz), Caique (tantan e voz), Lucas (pandeiro), Lukas Gabriel (voz) e BEG (voz), o Akatu foi criado em 2015 por jovens apaixonados por pagode na capital mineira. Hoje é uma banda em ascensão, que a cada dia ganha mais espaço no cenário musical.

Semente boa e mundo melhor: essas são as traduções do nome de origem Tupi, que hoje ecoa entre o público. Há seis anos, o grupo segue conquistando fãs com o seu pagode animado e irreverente. O show é uma mistura de canções autorais, que já estão na ponta da língua do público que acompanha a banda, e hits do samba e pagode, embalados pelo jeito irreverente e animado que os músicos conduzem a apresentação em cima do palco.

E desde o início da carreira, além de animar os shows, o Akatu sempre esteve focado nas produções de registros audiovisuais. Em 2017, lançou o CD "Meu Momento" e no ano seguinte o DVD "Vamo Cantar". Já em 2020, foram três trabalhos: "Ensaio Akatu", "Akatu Relax" e "Luau Akatu". Em 2021, lançaram com o "Encontro de Gerações", gravado com o Revelação, conquistando repercussão nacional. E agora, os mineiros se preparam para o principal evento da carreira do grupo, a gravação do DVD Degrauzinho por Degrauzinho.

 

Acompanhe o grupo Akatu na redes sociais

Youtube: https://www.youtube.com/channel/UCZRz1x875YmSEDjkmREKMtQ

Instagram: https://www.instagram.com/akatuoficial/

Facebook: https://www.facebook.com/grupoakatu

 

Serviço

Akatu - Gravação do DVD – Degrauzinho por Degrauzinho

Data: 27 de janeiro – quinta-feira

Horário: 21h

Participações: Belo, Ferrugem, Menos é Mais, Suel e Di Propósito

 

Ingressos:

Setor Vip: R$50

Camarote: R$90

 

As comidas e bebidas serão vendidas à parte nos dois setores do evento.

Vendas: https://www.centraldoseventos.com.br

 

Vendas: Loja By Night (Shopping Cidade)

 

Horário funcionamento:

Segunda a sexta-feira de 12h as 21h

Sábado de 10h às 16h

Parcelamento em até 3 x no cartão

 


Livre de vírus. www.avast.com.

Fachada Empreendimento Epic Curitiba
Divulgação A.Yoshii

O minimalismo industrial contemporâneo cede espaço para o luxo natural e sustentável

Em diversos segmentos como moda, literatura, arte, música, design e arquitetura, o clássico sempre garante espaço. Oposto ao que é antigo e ultrapassado, o atemporal vem repaginado e volta a encantar o público ansioso pelo fim do confinamento vivido nos últimos meses. A retomada ao novo normal sugere o retorno às raízes e à essência de cada um. O luxo flerta com tendências naturais, aproxima-se da natureza e desfruta conscientemente de suas matérias-primas originais: linho, juta, sisal, bambu, palha, madeiras nativas e pedras. O cenário urbano e as residências nunca estiveram tão arborizados e a conexão com a natureza está mais fortalecida do que nunca. 

A Feira de Móveis de Milão e a Casa Cor Paraná 2021 corroboram a nova tendência sustentável. Os empreendimentos apresentam layouts integrados à natureza e à biofilia. O design biofílico vai muito além de estilo ou gosto pessoal.  Elementos da natureza como luz natural, vegetação, uso e reaproveitamento de matérias-primas e fibras naturais, e formas orgânicas integrados aos espaços construídos visam promover sensação de bem-estar, relaxamento, saúde, conforto emocional e tranquilidade. A interação com o natural é bem-vinda e incentivada nesta nova fase porque, além de tudo, cria uma atmosfera aconchegante, acolhedora e segura, melhorando a saúde e a psique da pessoa. 

A temporada das experiências e do escapismo idílico

Exclusividade, conforto e sofisticação são elementos intrínsecos ao mercado imobiliário de luxo. A temporada que está por vir aproxima as pessoas das suas raízes e bem-estar, oferecendo uma experiência inédita ao transformar o conceito de “morar bem”. O movimento do escapismo valoriza e impulsiona a desconexão da rotina acelerada e estimula o reencontro com a harmonia interior, natureza e relaxamento. As novas tendências aproximam o homem da natureza e do orgânico, ao mesmo tempo que habitam as casas contemporâneas e promovem experiências de estar e ser consciente. 

Instituto A.Yoshii aposta na tendência com Projeto Obra & Arte

Precursor e atento às tendências, o Instituto A.Yoshii criou em 2018 o Projeto Obra & Arte, iniciativa que reúne o acesso à cultura, a preservação do meio ambiente e a valorização das pessoas. Nesse projeto, o Instituto firmou parceria com o Coletivo ÔDA e seus renomados artistas, designers e criativos para desenvolver peças como sofás, cadeiras, mesas e artigos de decoração com materiais da construção civil que seriam descartados. Os resíduos mais utilizados foram vergalhão de aço, ferro, arames, canos de PVC, bobinas de madeira, parafusos e madeira.

Com o mote “Sou uma peça sustentável”, cada mobiliário é posteriormente disposto nos ambientes decorados e showrooms das praças onde o Grupo A.Yoshii atua. O projeto possibilita que colaboradores do grupo e artistas envolvidos visualizem o ciclo da reciclagem dando-lhe novo significado e diminuindo o impacto ambiental. A iniciativa possibilita transformar o descarte em arte.

A construtora A.Yoshii, por sua vez, inaugurou a tendência do regresso ao natural com o empreendimento de luxo Quintessence, localizado em Curitiba. O imóvel situado em área nobre do Batel apresenta uma fachada diferenciada na cidade, integralmente orgânica com uso de biofilia emoldurando o sofisticado empreendimento.

Grupo A.Yoshii revigora tendência com o novo empreendimento Epic

Precursor e revolucionário, o Grupo A.Yoshii prenunciou a tendência à biofilia e o regresso ao natural com o novo empreendimento Epic, que acaba de ser lançado em Curitiba. O imóvel localizado em frente ao Clube Curitibano apresenta uma fachada única na cidade, integralmente orgânica com linhas fluidas e leves e muita natureza e painéis verdes emoldurando o sofisticado empreendimento. O projeto foi desenvolvido para aproximar a natureza e o futuro morador, transmitindo vitalidade e retratando a verdadeira condição de habitar com qualidade, em uma verdadeira mansão suspensa. 

“O Epic será único e exclusivo. Com uma arquitetura contemporânea livre, o empreendimento prioriza a funcionalidade e o conforto em todos os ambientes, resultando em uma alquimia entre os espaços. A energia e vivacidade da natureza e da arquitetura mais orgânica e naturalista deste lançamento trará muita qualidade de vida para o morador”, complementa Ricardo Kitamura, diretor de unidade. 

DNA natural com originalidade em casa

A aplicabilidade da tendência naturalista orgânica na decoração de casa requer alguns cuidados para garantir um ambiente interessante, aconchegante e fresco, sem sobrecarregar os espaços com muitas informações. As arquitetas do grupo prepararam algumas dicas: 

  • Selecionar mobiliários feitos em fibras naturais como juta, vime ou linho. Esses materiais são excelentes opções para “vestir” itens da casa. 
  • Optar por mobiliários feitos ou revestidos em madeira que cumprem sua funcionalidade e ainda decoram os espaços. Troncos de madeira também são tendência para decoração do interior e exterior das residências. Um tronco de madeira pode funcionar como bandeja ou até um centro de mesa. 
  • As plantas, por excelência, são o maior elemento natural para usar na decoração. Incluir verde em casa dará vida e cor aos espaços. 
  • Para adotar a tendência naturalista, sugere-se incluir elementos sustentáveis e artesanais na decoração de casa. 
  • Por fim, não esqueça das cores. Tons crus, amadeirados e claros, como o nude, areia, bege e até o branco servem para trazer leveza, aconchego e tranquilidade ao ambiente. 

 

Sobre a A.Yoshii

Desde 1965, a A.Yoshii atua na construção e incorporação de imóveis residenciais e comerciais de alto padrão. Localizados nos bairros nobres de Londrina, Maringá, Curitiba e Campinas, os empreendimentos se tornaram cartões postais dessas cidades. Com pontualidade na entrega e excelente padrão de acabamento, a construtora executa suas obras com excelência e inovação, priorizando as demandas do mercado, os anseios dos compradores, a segurança do trabalhador e a conservação ambiental. Mais informações: www.ayoshii.com.br

Sobre o Grupo A.Yoshii

Fundado há mais de 55 anos, o Grupo A.Yoshii já construiu mais de 2 milhões de m² do Sul ao Nordeste do Brasil, entre obras industriais, edifícios corporativos e residenciais, escolas, universidades, teatros e centros esportivos. É composto pela A.Yoshii Engenharia, com sólida atuação em construções de edifícios residenciais e comerciais de alto padrão em Londrina, Maringá, Curitiba e Campinas; pela Yticon Construção e Incorporação, que realiza empreendimentos econômicos, localizados em regiões de potencial valorização em municípios do Paraná; e pelo Instituto A.Yoshii, voltado para a inserção social e democratização cultural. Além disso, atua em Obras Corporativas, atendendo grandes corporações em suas plantas industriais, nos mais variados segmentos da economia, como papel e celulose, alimentício, químico, agronegócio, energia, assim como usinas sucroalcooleiras, centros logísticos, plantas automobilísticas, entre outros. Mais informações: www.ayoshii.com.br


Quando a Selic está em alta, o poder de compra da população diminui e, portanto, há menos procura por produtos e serviços à venda



por Marcela Cunha

Taxa básica de juros da economia, a Selic, se encontra em alta mais uma vez. A taxa é o principal instrumento de política monetária utilizado pelo Banco Central (BC) para controlar a inflação. Ela influencia todas as taxas de juros do país, como as taxas de juros dos empréstimos, dos financiamentos e das aplicações financeiras.

Como a taxa Selic é o parâmetro para todas as demais taxas de juros do país, quando ela sobe faz com que automaticamente as demais taxas cobradas em empréstimos também subam. Isso acontece porque os bancos vão ter de pagar mais para pegar dinheiro emprestado e, por consequência, também vão cobrar mais de quem pedir empréstimo.

José Ricardo, microempreendedor, afirma que está tentando conter gastos e não expandir o  seu negócio para tentar fugir um pouco da alta da taxa. "Iamos aumentar o nosso negócio, mas com essas altas que estão tendo esse ano, resolvi não pegar o empréstimo que ia pedir", relata.

Os consumidores e as empresas gastam mais para contratarem linhas de crédito, conforme as simulações detalhadas pela Associação Nacional dos Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade (Anefac). O cliente que entrar no cheque especial em R$1 mil por 20 dias pagará R$0,80 a mais por dia.

A taxa Selic refere-se à taxa de juros apurada nas operações de empréstimos de um dia entre as instituições financeiras que utilizam títulos públicos federais como garantia. O BC opera no mercado de títulos públicos para que a taxa Selic efetiva esteja em linha com a meta da Selic definida na reunião do Comitê de Política Monetária do BC (Copom).

O analista Matheus Oliveira afirma que as parcelas dos empréstimos obtidos no Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe) também ficarão mais caras. Mesmo com o aumento da Selic, Matheus ressalta que o Pronampe continua sendo uma das melhores opções para os donos de pequenos negócios. "Haverá um impacto no valor das parcelas das operações; mas, mesmo com a alta da Selic e com o programa sendo atrelado a essa taxa mais 6% ao ano, os juros ainda são menores do que os cobrados em média no mercado financeiro, ou seja, continua sendo uma das melhores opções de crédito", afirma.

O que acontece quando a Selic sobe?

No crédito:
Quando a taxa Selic sobe, a tendência é que os juros cobrados pelos bancos para emprestar dinheiro a consumidores e empresas também aumentem, o que faz com que diminua a oferta de crédito.

No consumo:
Como o custo do dinheiro fica mais caro, a tendência é que as pessoas gastem menos em compras e serviços.

Na inflação:
Se o consumo diminuir, isso pode ajudar a conter a inflação, já que as pessoas estão gastando menos.

Nas aplicações:
O rendimento das aplicações de renda fixa, como poupança, Tesouro Selic, LCI, CDB e fundos de renda fixa, também aumenta. Ou seja, o investidor ganha mais dinheiro para cada real que colocar nessas aplicações.

CLIQUE AQUI E VEJA MINA CASA, MINHA VIDA VALPARAISO

Tecnologia do Blogger.