Instituído pelo Secovi-SP e pela Federação Internacional Imobiliária, o Prêmio Master Imobiliário é conhecido como o “Oscar” do setor da construção civil
Crédito: Divulgação Fiabci e Secovi/Tulio Vidal

Lançado pelo Grupo A.Yoshii durante a pandemia, empreendimento localizado em Campinas (SP) registrou recorde de vendas, com 98% dos apartamentos comercializados em apenas um dia

O Grupo A.Yoshii foi um dos vencedores do Prêmio Master Imobiliário 2021. Em cerimônia realizada na última segunda-feira (04/10), na sede da Fiabci-Brasil, em São Paulo, a premiação na categoria Profissional – Comercialização destacou o case de sucesso Legend. Localizado no bairro Nova Campinas, endereço nobre no município de Campinas (SP), o empreendimento teve 98% das unidades vendidas no mesmo dia em que realizou seu pré-lançamento. Com 40 apartamentos de 222 metros quadrados de área privativa, o Legend Nova Campinas alcançou a totalidade de comercialização em apenas uma semana.

Instituído pelo Secovi-SP e pela Federação Internacional Imobiliária (Fiabci-Brasil), o Prêmio Master Imobiliário é conhecido como o “Oscar” do setor da construção civil. Em sua 27.ª edição, a premiação é uma iniciativa que destaca a importância do setor para a economia do País.

“A conquista do Master representa um marco que tangibiliza o reconhecimento da A.Yoshii no mercado”, afirma Leonardo A.Yoshii, presidente do grupo. “Recebê-lo é extremamente gratificante, já que respalda a excelência com a qual concebemos nossos empreendimentos e fortalece os valores e pilares da marca que consolidam a empresa em mais de 55 anos de história”, completa.

O Legend Nova Campinas foi o segundo edifício do grupo lançado no município do interior paulista, e se tornou referência de sucesso na cidade. A escolha do terreno de 3.765 metros quadrados, no bairro Nova Campinas, colaborou para que se tornasse objeto de desejo dos campineiros.

 

Na contramão da pandemia

Em meio às medidas restritivas por conta da pandemia, que limitaram o acesso do cliente ao showroom, as ações de marketing, a excepcional localização do empreendimento, a qualidade do produto, e a adequação dos apartamentos ao público-alvo, bem como a postura da empresa, fizeram com que os obstáculos fossem superados e o Legend se tornasse sucesso de vendas.

“Todos os canais digitais da construtora foram aperfeiçoados durante a crise sanitária para que o cliente pudesse ter a experiência de visitar o apartamento decorado e conhecer o empreendimento no conforto e segurança de sua própria casa”, lembra Rogério Venturini, diretor comercial de incorporação do Grupo A.Yoshii.

Durante o pré-lançamento do Legend, 98% das 40 unidades com 222 metros quadrados de área privativa foram comercializadas em um único dia. “A meta de vendas do empreendimento era vender 38% das unidades no período de um ano (até outubro de 2021). Porém, superamos nossas próprias expectativas com a comercialização de 100% das unidades em uma semana”, destaca Venturini.

 

Ressignificando o bairro Nova Campinas

De acordo com Venturini, o grupo de clientes do Legend é composto em sua totalidade por campineiros. “É curioso que muitas famílias já tinham um histórico com o bairro e viram nesse lançamento uma oportunidade de retornar a morar no local”, destaca. Sob o aspecto cultural, avalia o diretor, o empreendimento representa uma ressignificação para o bairro Nova Campinas, com a valorização imobiliária e social. “Propomos um novo olhar do campineiro para esse bairro tão tradicional e querido na cidade.”

Um das clientes do empreendimento, que conferiu depoimento exclusivo ao case da construtora, relatou que é “nascida e criada em Campinas”, mas morou durante 26 anos em São Paulo. “Ao retornar à cidade, tive dificuldade em encontrar um imóvel com localização privilegiada e alto padrão de acabamento”, conta. “Quando conheci o projeto do Legend, fiquei especialmente encantada com a área de lazer. Sem falar nas referências sobre a A.Yoshii como empresa que também são ótimas. Tudo isso foi decisivo para que eu fechasse o negócio e adquirisse uma unidade do Legend”, completa.

 

Legend: moderno e conceitual

Com 23 pavimentos para distribuição de seus 40 apartamentos, o Legend oferece três opções de planta e área de lazer completa com salão de festas gourmet com área externa, sports bar, brinquedoteca, fitness com sala de pilates, sauna seca, piscina coberta com trocador de calor, garden gourmet com piscina privativa, redário, praça, bicicletário, fire place, playground, piscinas externas adulto e infantil com deck, além de uma vaga com carregamento para carro elétrico por unidade.

Assim como carregadores para carro elétrico, o conceito sustentável do empreendimento prevê vários recursos, como reuso de água da chuva na área comum e plantas que primam pelo aproveitamento de luz natural nas áreas e espaços de circulação.

Antes do Legend, a A.Yoshii lançou o Le Rêve, no Cambuí, outro bairro nobre da cidade. Após o Legend, também em Nova Campinas, o grupo investiu no empreendimento Harmonie. “Além de ser a única metrópole brasileira que não é capital estadual, Campinas influenciou, por muitos atributos, a escolha da A.Yoshii para lançamentos residenciais de alto padrão que demandaram investimentos superiores a R$ 100 milhões”, diz o diretor.

Desde 2019, quando chegou ao município, o Grupo A.Yoshii gerou mais de 1.500 vagas diretas e indiretas de trabalho. A previsão para a entrega do Legend, informa o diretor Rogério Venturini, é novembro de 2023.

 

Sobre a A.Yoshii

Desde 1965, a A.Yoshii atua na construção e incorporação de imóveis residenciais e comerciais de alto padrão. Localizados nos bairros nobres de Londrina, Maringá, Curitiba e Campinas, os empreendimentos se tornaram cartões postais dessas cidades. Com pontualidade na entrega e excelente padrão de acabamento, a construtora executa suas obras com excelência e inovação, priorizando as demandas do mercado, os anseios dos compradores, a segurança do trabalhador e a conservação ambiental. Mais informações: www.ayoshii.com.br

Sobre o Grupo A.Yoshii

Fundado há mais de 55 anos, o Grupo A.Yoshii já construiu mais de 2 milhões de m² do Sul ao Nordeste do Brasil, entre obras industriais, edifícios corporativos e residenciais, escolas, universidades, teatros e centros esportivos. É composto pela A.Yoshii Engenharia, com sólida atuação em construções de edifícios residenciais e comerciais de alto padrão em Londrina, Maringá, Curitiba e Campinas; pela Yticon Construção e Incorporação, que realiza empreendimentos econômicos, localizados em regiões de potencial valorização em municípios do Paraná; e pelo Instituto A.Yoshii, voltado para a inserção social e democratização cultural. Além disso, atua em Obras Corporativas, atendendo grandes corporações em suas plantas industriais, nos mais variados segmentos da economia, como papel e celulose, alimentício, químico, agronegócio, energia, assim como usinas sucroalcooleiras, centros logísticos, plantas automobilísticas, entre outros. Mais informações: www.ayoshii.com.br


 

As inscrições são gratuitas e podem ser feitas a partir das 9h do dia 11 de outubro até às 23h59min de 27 de outubro de 2021. Prova online será aplicada em 6 de novembro



Começam, nesta segunda-feira, 11 de outubro, as inscrições do processo seletivo para formação de cadastro de reserva para estagiário de nível superior do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT). Podem participar estudantes regularmente matriculados em instituições conveniadas com o MPDFT.

O processo seletivo é destinado a alunos dos cursos de Arquivologia, Direito, Informática, Contabilidade, Comunicação, Psicologia e Serviço Social. Também serão selecionados estudantes de cursos de pós-graduação nas áreas de Geologia e Engenharia Ambiental.

Para ingressar no programa de estágio, o estudante deverá ter concluído, no ato da convocação, 40% da carga horária ou dos créditos do curso, independentemente do semestre em que esteja formalmente matriculado.

O estágio tem jornada de 20 horas semanais, com bolsa-auxílio no valor de R$ 850 para graduação e R$ 1.700 para pós-graduação. Há, ainda, auxílio-transporte de R$ 7 por dia trabalhado, seguro contra acidentes pessoais e recesso de 30 dias sempre que o período de duração do estágio for igual ou superior a um ano.

Inscrições

Para realizar inscrição no processo seletivo, o candidato deverá acessar o site www.universidadepatativa.com.br, campo "Concursos em andamento", localizar o processo seletivo do MPDFT e realizar o cadastro. Serão reservadas 10% das vagas ao sistema de cotas para minorias étnico-raciais, outros 10% às pessoas com deficiência e 30% ao sistema de cotas para negros. Os interessados deverão informar que desejam concorrer a essas vagas no ato da inscrição.

Depois de efetuada a inscrição, o candidato deverá enviar para o e-mail selecaompdft@universidadepatativa.com.br os seguintes documentos em formato PDF: comprovante de inscrição; cópia de RG e CPF; declaração da instituição de ensino expedida a partir de 1º de outubro de 2021; se pessoa com deficiência, laudo médico conforme o edital; e se participante do sistema de cotas, termo de adesão conforme o edital.O assunto do e-mail deve ser o processo seletivo e o nome do candidato. Por exemplo: "Processo Seletivo MPDFT - Maria da Silva".

Provas

A aplicação da prova objetiva online será realizada no dia 6 de novembro, com acesso liberado a partir das 14h, no site da universidade responsável pela seleção. A avaliação é constituída de questões objetivas do tipo múltipla escolha de língua portuguesa e conhecimentos específicos, com caráter eliminatório e classificatório.

O processo seletivo tem validade de um ano a partir da divulgação do resultado final e pode ser prorrogado por mais um ano, a critério da Administração. As vagas serão preenchidas de acordo com a classificação e a necessidade das unidades do MPDFT.

Confira as informações completas e o cronograma do processo seletivo no edital. Dúvidas podem ser esclarecidas pelos seguintes canais:

Seção de Estágio do MPDFT: (61) 3343-9134 e 3343-9135

Universidade Patativa do Assaré: (88) 3512-2450 e selecaompdft@universidadepatativa.com.br.

Serviço: 1º Processo seletivo de estagiários de nível superior 2021

Áreas para estágio:

Cursos de graduação: arquivologia; informática; direito; contabilidade; comunicação social; psicologia e serviço social.
Pós-graduação: engenharia ambiental e geologia (somente cursos com duração de, no mínimo, 360 horas).

Bolsa-auxílio graduação: R$ 850

Bolsa-auxílio pós-graduação: R$ 1.700

Auxílio-transporte: R$ 7 por dia trabalhado

Data da prova: 6 de novembro

Período de inscrição: 11/10 a 27/10



Oferecida pelo curso de Administração, aula on-line ensinará como desenvolver habilidades para perder o medo de falar em público e se expressar bem

Fotos: Paulo Almeida.

O suor excessivo nas mãos, coração mais acelerado, gagueira momentânea e perda da linha de raciocínio são alguns dos sintomas frequentes da glossofobia, mais conhecida como medo de falar em público. De acordo com estudo do jornal britânico Sunday Times, esse temor é maior até mesmo que o de problemas financeiros, doenças e morte. Dos três mil entrevistados no Reino Unido, 41% responderam que o medo de falar em frente às pessoas é o maior.

Para ajudar aqueles que desejam desenvolver boa postura em público, o curso de Administração do Centro Universitário IESB irá promover um workshop gratuito de Oratória nos dias 29/11, 01/12 e 03/12. As aulas serão ministradas pelo professor do curso de Administração do IESB, Wilson Ferreira Bandeira, via Google Meet, às 18h.

"Fazer um curso como esse irá desenvolver a capacidade, não só do aluno perder o medo de falar em público, como também, dele aprender a se expressar ainda melhor, de forma a que todos entendam o que ele quer dizer e convencer o seu público daquilo que quer transmitir'', destaca o professor Erlano Ribeiro, coordenador do curso de Administração na instituição.

Receberão certificado aqueles que participarem nas três aulas, bem como a realização de tarefas do professor, onde colocarão em prática as técnicas aprendidas ao longo das aulas.

As inscrições no workshop estão abertas a toda a comunidade até 22 de novembro, no site da instituição. As vagas são limitadas para 250 participantes. Mais informações https://www.iesb.br/

Serviço
Curso Livre de Oratória
Dia: 29/11, 01/12, 03/12
Horário: 18h
Local: Google Meet
Inscrição gratuita no site do IESB
http://ingresso.iesb.br/loja/oferta?id=245604

Programa beneficiará pessoas jurídicas



A Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (Caesb) lança, hoje (13), o Programa de Negociação de Débitos 2021 para pessoas jurídicas (PND 2021 - PJ).  Serão contempladas as pessoas jurídicas de todas as categorias, com exceção da pública, já cadastradas na Caesb, com débitos vencidos até o dia 31 de agosto de 2021. O prazo para aderir ao programa é até o dia 30 de novembro de 2021.

O PND 2021 – PJ promoverá condições especiais de negociação de débitos, flexibilizando os pagamentos à vista e oferecendo parcelamento, com a redução gradativa dos juros de mora incidentes sobre os faturamentos vencidos até 31 de agosto, bem como os juros de parcelamento aplicados ao saldo devedor, incluindo os débitos presentes em demandas judiciais onde a Caesb é autora.

 O programa será executado em duas etapas: entre 13 de outubro a 29 de novembro deste ano, as negociações serão executadas apenas à vista. Entre 1º e 30 de novembro, os débitos poderão ser negociados à vista ou com entrada e até 47 parcelas. Para realizar o parcelamento, o cliente deve acessar a área de autoatendimento no site da Caesb (https://www.caesb.df.gov.br/portal-servicos/) e clicar na opção Parcelamento de Débitos.

  

Quantidade de Parcelas

Percentual de desconto nos juros de mora

Juros sobre o parcelamento

À vista

99%

0%

1 a 6

90%

0,52 % a.m.

7 a 12

80%

0,52 % a.m.

13 a 24

70%

0,52 % a.m.

25 a 47

60%

0,52 % a.m.

 

Durante a vigência do Programa, os usuários elegíveis receberão um comunicado informando sobre o PND 2021 - PJ, com um código de barras para pagamento à vista, com vencimento em 15 dias. No entanto, os usuários que tiverem ajuizado contra a Caesb, questionando o faturamento das contas d'água, bem como os que possuem ações judiciais de cobrança nas quais a Companhia é autora, não receberão esse comunicado. Nesse último caso, é necessário que o cliente realize o agendamento em qualquer Escritório Regional da Caesb, não sendo possível realizar o agendamento pelo site.

O parcelamento está condicionado ao pagamento de uma entrada mínima de 5% do valor da dívida atualizada. Os débitos remanescentes de parcelamento que forem descumpridos somente poderão ser parcelados com entrada mínima de 10% do valor da dívida atualizada, independentemente do número de parcelas.

O diretor Financeiro e Comercial da Caesb, Sérgio Lemos, explica que devido ao sucesso do Programa de Negociação de Débitos para pessoas físicas, lançado em 2020, a Empresa decidiu lançar um Programa para pessoas jurídicas, seguindo os mesmos moldes. "A pandemia afetou não somente as pessoas físicas, mas as jurídicas também, então temos a obrigação de negociar com elas. Num primeiro momento, iremos garantir o pagamento de contas atrasadas sem a incidência de juros", reforça o diretor.

ATUALIZAÇÃO DO CADASTRO
Para todos os casos de negociação, inclusive para pagamento à vista, será necessária a atualização cadastral do usuário, que pode ser feita após cadastro prévio no site da Caesb e apresentação dos documentos pessoais e de vínculo ao imóvel (https://www.caesb.df.gov.br/portal-servicos/app/login?execution=e6s1).

Na sequência, deve ser acessado o autoatendimento, clicando em "Alteração do Titular da Conta". Também é possível atualizar os dados pelo aplicativo da Caesb, em "Alterar Titularidade", pela Agência Virtual e nas unidades do Na Hora de Ceilândia, Riacho Fundo, Taguatinga e Gama, por meio de agendamento prévio, no site da Caesb.

 


                                                                                                     Claudio Braga

Dasa e sua rede de hospitais e oncologia organizam flash mob em 4 cidades brasileiras para lembrar que o Outubro Rosa é sempre

 

Ação surpresa teve gravação inédita de Elba Ramalho com DJ Bhaskar e aconteceu simultaneamente em São Paulo, Rio de Janeiro, Niterói e Brasília

 

A Dasa, maior rede de saúde integrada do país, por meio de suas marcas de hospital e oncologia, promoveu na manhã desta terça-feira, 12 de outubro, um flash mob simultâneo em lugares icônicos de quatro cidades brasileiras: Parque do Ibirapuera (SP), Calçadão de Copacabana (RJ), Praia de Icaraí (Niterói) e Parque da Cidade (Brasília).

A ação faz parte da campanha #OutubroRosaSempre e tem como objetivo conscientizar a população, especialmente as mulheres, sobre a importância do diagnóstico precoce no enfrentamento do câncer de mama, que é a primeira causa de morte por câncer na população feminina em todas as regiões do Brasil, exceto no Norte, onde o câncer do colo do útero registra a maior taxa de incidência, de acordo com o Instituto Nacional do Câncer (Inca).

Dirigidos por Marcel Anselmé, que integra o Balé da Cidade de São Paulo, 80 bailarinos se apresentaram sob o som da música A Cor É Rosa, de autoria do musicista Silva, que foi interpretada por Elba Ramalho em uma mixagem especial do DJ Bhaskar. A cantora, que venceu a batalha contra o câncer de mama descoberto em 2010, abraçou a causa e participou da gravação feita especialmente para a ocasião. A ativação aconteceu ao ar livre e seguiu todos os protocolos de saúde estabelecidos pelas autoridades sanitárias.

O movimento ganhou as ruas e ainda mais visibilidade com o apoio de influenciadores digitais que marcaram presença: Cris Coimbra, Alice Castro e Roberta Marques e Ana Flávia, alguns deles parceiros das marcas de diagnóstico e dos hospitais da Dasa, como Nove de Julho e Santa Paula (SP), Complexo Hospitalar de Niterói (CHN) e São Lucas Copacabana (RJ) e Hospital Brasília (DF).

 

                                               Foto Claudio Braga

Um alerta ao cuidado com a saúde

Além do flash mob, a Dasa e suas marcas de diagnóstico promoveram outras ações para ampliar a visibilidade e o engajamento à campanha #OutubroRosaSempre.

No Rio de Janeiro, por exemplo, as pessoas que passeavam pelo calçadão de Copacabana foram convidadas a responder um quiz sobre cuidados com a saúde e a importância do diagnóstico precoce nos casos de câncer de mama. As respondentes com 35 anos ou mais, que são o público-alvo da campanha, receberam guarda-sóis das marcas Sérgio Franco e CDPI estilizados com uma ilustração alusiva ao Outubro Rosa. Para outras faixas etárias, o gift foi uma máscara rosa personalizada.

                                                                                Foto Claudio Braga

Outubro Rosa agora e sempre

O flash mob foi mais um passo dado pela Dasa e suas marcas de hospitais e diagnóstico para lembrar que a realização de consultas médicas e exames preventivos não pode esperar, sobretudo em casos oncológicos.

Um levantamento feito pelo time de Analytics da Dasa identificou que 2,8 milhões de mulheres com idade elegível e indicação clínica para a realização de mamografia deixaram de fazer exames de rastreio ou para o diagnóstico de câncer de mama na rede durante os últimos 12 meses. A análise revela que 91,1% das brasileiras podem não estar com o acompanhamento em dia.

“Esse dado é bastante preocupante e nós não podíamos ficar parados. Nossa ideia para dar maior visibilidade ao tema foi antecipar a conversa sobre câncer de mama e Outubro Rosa para agosto como forma de relembrar a população que os cuidados com a saúde e o bem-estar precisam ser agora, sempre e que não podem esperar”, explica Allan Macintyre, diretor de marketing da Dasa.

Em agosto, a Dasa lançou a campanha Outubro Rosa Agora sob o conceito “o diagnóstico precoce pode salvar vidas”. Essa primeira fase contou com mídia OOH em relógios de rua, abrigos de ônibus e painéis de LED em shoppings do Rio de Janeiro, São Paulo e Brasília.

A segunda fase contou com ativações nas principais redes sociais da marca, como YouTube, Instagram, Facebook e Twitter, com o apoio e endosse de um squad de influenciadores digitais.

Até novembro deste ano, a campanha vai doar 3,6 mil mamografias – mais de 80% em relação ao ano passado – para mulheres atendidas pelas ONGs Américas Amigas e Marque Esse Gol, seguida de consulta com médicos da organização Horas da Vida, que encaminharão as pacientes para seguirem o tratamento via SUS, se necessário.  

 


Na foto: Dra. Colorida e Dr. Colorido (Doutores Coloridos)

Hospitais Dasa em Brasília comemoram Dia das Crianças com programação especial

 

Pacientes da ala infantil dos hospitais localizados no Lago Sul e em Águas Claras vão poder comemorar a data com tudo a que têm direito

 

Passeio de carrinho eletrônico pelos corredores do hospital, visita dos palhaços Doutores da Esperança e carinho em cachorrinhos terapeutas são algumas das atividades programadas para o Dia das Crianças no Hospital Brasília e Hospital Brasília unidade Águas Claras.

A partir das 8h30 do dia 12, as crianças internadas nos dois hospitais terão um dia cheio de diversão, com direito a brindes e cardápio especial. A programação faz parte das ações de humanização dos hospitais, voltadas para o acolhimento e a melhoria na qualidade da assistência prestada aos pequenos pacientes internados.

“O processo de recuperação de uma criança dentro do hospital é um momento desafiador, tanto para ela quanto para a família. Quando o hospital promove esses momentos de distração, a resposta do paciente é melhor, porque a caminhada se torna mais leve e a recuperação, mais rápida por conta da redução do estresse no ambiente. Além disso, nós não cuidamos apenas da doença, mas também do ser humano que está ali. Esse momento de internação é delicado para todos e o que pudermos fazer para tornar o ambiente hospitalar mais acolhedor e humano só auxilia na recuperação do paciente”, explica a pediatra intensivista do Hospital Brasília Viviana Sampietro.



                                             

Crédito: Pixabay

O mês de setembro é marcado pela conscientização sobre a importância da prevenção do suicídio. No Brasil, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), 30% das pessoas que buscam tratamento para emagrecer apresentam depressão. Segundo relatório “Estatísticas da Saúde Mundial de 2021”, da Organização Mundial da Saúde (OMS), 22% da população adulta brasileira está obesa.

Especialistas alertam que pessoas obesas são mais vulneráveis ao risco de suicídio. “Pensando na gordofobia e nos indivíduos que sofrem preconceitos por estarem acima do peso - a OMS considera a questão da obesidade um dos maiores problemas de saúde pública. No Brasil, mais da metade da população está com sobrepeso e isso traz riscos em diferentes contextos, além dos casos de suicídios que crescem e podem estar relacionados com histórico de agressões vinculados com o corpo fora dos padrões sociais esperados”, alerta a doutora Rafaela de Faria, psicóloga e professora do curso de Psicologia da Universidade Positivo (UP).

Ela lembra, ainda, que pessoas que estão acima do peso costumam ser vítimas de bullying na sociedade. “Muitas pessoas sofrem piadas e julgamentos, além dos problemas de saúde relacionados com essa condição, as questões de cunho emocional afetam a conexão desses indivíduos com seus corpos e suas relações, tanto no contexto pessoal, como no profissional”, conclui. Uma pesquisa realizada pelo Grupo Catho - classificado on-line de currículos e vagas - com 31 mil executivos,  identificou que 65% dos presidentes e diretores de empresas tinham alguma restrição na hora da contratação de pessoas obesas. Ainda conforme os dados do estudo, o mercado paga melhor aos magros.

Segundo a  psicóloga, é fundamental que esse tipo de orientação se inicie ainda na infância, com abordagem dos valores, já que é papel de todos entender como isso ocorre, para que essa rede de preconceito diminua. “Essa construção, que vem desde a infância, a partir de xingamentos, de piadas, vai construindo um indivíduo com autoestima frágil e, com isso traz tristeza, desespero, recusa de se expor, em função do julgamento das outras pessoas. Temos a vítima, o agressor e os observadores que estão neste contexto, então é função de todo mundo entender como isso ocorre e cortar essa rede de preconceito relacionado não só com as pessoas que estão acima do peso, mas também com quem pode ser atingida ou agredida em função de outras características específicas", finaliza Rafaela. 

 

Sobre a Universidade Positivo

A Universidade Positivo é referência em Ensino Superior entre as IES do estado do Paraná e é uma marca de reconhecimento nacional. Com salas de aula modernas, laboratórios com tecnologia de ponta e mais de 400 mil m² de área verde no campus sede, a Universidade Positivo é reconhecida pela experiência educacional de mais de três décadas. A Instituição conta com três unidades em Curitiba (PR), uma em Londrina (PR), uma em Ponta Grossa (PR) e mais de 70 polos de EAD no Brasil. Atualmente, oferece mais de 60 cursos de graduação, centenas de programas de especialização e MBA, sete programas de mestrado e doutorado, além de cursos de educação continuada, programas de extensão e parcerias internacionais para intercâmbios, cursos e visitas. Além disso, tem sete clínicas de atendimento gratuito à comunidade, que totalizam cerca de 3.500 m². Em 2019, a Universidade Positivo foi classificada entre as 100 instituições mais bem colocadas no ranking mundial de sustentabilidade da UI GreenMetric. Desde março de 2020 integra o Grupo Cruzeiro do Sul Educacional. Mais informações em up.edu.br/

CLIQUE AQUI E VEJA MINA CASA, MINHA VIDA VALPARAISO

Tecnologia do Blogger.